Que pedalar é um tremendo esporte para conquistar mais qualidade de vida, isso é verdade. Mas, existem riscos que fazem parte do exercício e que vão além de acidentes de bike. Estamos falando da saúde do homem e ciclismo, que tem uma relação estreita em vários pontos e merecem atenção.

Dores na lombar, nos punhos e nos joelhos indicam que há algo de errado na sua forma de pedalar. Porém, esses problemas avisam logo quando surgem, e devem ser tratados rapidamente. Contudo, há alguns contratempos de saúde mais graves que são silenciosos e podem ser desencadeados por pedalar de forma errada.

Neste post, você vai descobrir quais são os mais graves problemas que aparecem na saúde do homem, decorrentes do ciclismo praticado de maneira inadequada. E vamos ensinar como se prevenir desses contratempos!

Quais são os problemas da saúde do homem e ciclismo que podem acontecer?

Um dos mais graves problemas que o ciclismo em suas diferentes modalidades pode influenciar na saúde do homem, é o câncer de próstata. Explicamos mais sobre a doença e ainda outros dois distúrbios sério relacionados à má prática do esporte.

Câncer de próstata

De forma geral, o câncer de próstata acomete homens acima dos 50 anos, com maus hábitos alimentares, vida sedentária e outros fatores de risco. Entre eles, ter um histórico de familiares com o problema.

Esse problema surge na glândula próstata, quando ela tem funcionamento desordenado, gerando tumores do tipo maligno.

Mas, qual é a relação da saúde do home e ciclismo sobre esse problema? Um estudo da University College London (UCL), feito com mais de 5200 homens ciclistas, constatou que aqueles que pedalavam mais de 8 horas por semana, tinham mais chances de ter a doença.

Torção testicular

Um problema que ocorre em sua maioria, em adultos novos e jovens, com sintomas de dores intensas que surgem de repente, na região genital. Também, pode haver um inchaço do testículo nas primeiras horas da manhã.

Esse contratempo requer um tratamento imediato aos menores sinais, pois, há risco da perda do testículo em um curto espaço de tempo.

Trauma testicular

Ocorre quando há uma lesão nos testículos, causando dores intensas. Somente uma ultrassonografia da região pode constatar se há uma lesão na área, exigindo intervenção médica urgente.

O que os estudos indicam sobre esses problemas da saúde do homem e ciclismo?

Calma, apesar de o tema da saúde do homem e ciclismo levantarem questões sérias, elas devem ser avaliadas nas suas principais causas.

O que tanto o estudo da UCL como outros indicam, além de profissionais médicos relatarem, é que os casos de câncer de próstata, torção e o trauma do testículo têm mais chances de ocorrer em pessoas que praticam o esporte de forma errada.

Mas, o que é “pedalar de forma errada”?

Relacionamos alguns fatores de risco desses problemas que afetam a saúde do homem e ciclismo, que explicam o “pedalar errado”:

  • uso de um selim inadequado;
  • praticar a atividade sem a bermuda de ciclismo sempre;
  • praticar o ciclismo de alta performance sem a supervisão de um profissional;
  • pedalar todos os dias sem dar o devido descanso ao corpo;
  • passar longas horas pedalando todas as vezes — mais de 4 horas.

Como evitar os problemas de saúde do homem e ciclismo?

Para evitar que qualquer dos problemas que afetam a saúde do homem pela prática de ciclismo apareçam, é preciso ter uma série de cuidados essenciais.

Fazer o bike fit

O bike fit ajusta a bicicleta ao corpo do ciclista, prevenindo desde as dores nos punhos e na lombar, aos distúrbios mais graves relatados neste post. Portanto, fazer o bike fit não é uma frescura e nem algo para apenas quem quer competir.

Assim, o profissional que realiza o bike fit vai se basear em todos os pontos de contato do seu corpo com a bike e fazer as devidas recomendações de trocas e ajustes. Entre eles estão:

  • troca ou ajuste de ângulo do selim;
  • troca ou ajuste de ângulo da mesa;
  • troca do guidão;
  • ajuste dos manetes de freio e trocadores de marchas;
  • ajuste do pedivela — pode ser trocado por causa do tamanho;
  • troca ou ajuste da sapatilha e respetivo pedal de clip;
  • recomendação de bermudas de ciclismo mais adequadas ao seu corpo.

Realizar treinos adequados

Fazer os treinos de bike de forma gradual, além de manter uma frequência no tipo que é realizado, são vitais para conservar a saúde.

Respeitar os próprios limites

Não exceder os limites do corpo vai manter o risco das doenças relacionadas ao ciclismo, longe de você.

Manter uma alimentação saudável

Não é apenas em cima da bike que há precauções. Manter uma alimentação balanceada funciona para além de melhorar o seu desempenho nos pedais, evitar doenças.

Ir periodicamente ao médico

Ir à consultas com um urologista ou proctologista, especialistas na saúde do homem, são fundamentais. Além de realizar exames de rotina e check-ups.

Os exames que checam como está a condição da próstata podem ser iniciados após os 40 anos.

O que podemos concluir com base no estudo e nas prevenções?

Como falamos em um tópico, o ciclismo praticado dentro de condições inadequadas constantemente aumenta o risco para algumas doenças do homem.

Contudo, a prática deve ser vista sempre como benéfica, pois, para a maioria das pessoas que a praticam frequentemente de forma correta, elas têm melhorias na sua saúde.

Portanto, quando o assunto é saúde do homem e ciclismo, atenha-se para os cuidados básicos para manter o seu bem-estar. Esporte é vida e quando é praticado com segurança, traz ótimos resultados para o corpo e a mente.

Não sabia dos riscos que a má prática do ciclismo traz para a saúde do homem? Compartilhe este post em suas redes sociais!

Créditos das imagens: Pexels

seguro de bike