Os anos 90 chegaram com uma explosão de novos modelos de bicicletas, principalmente de Mountain Bike. No Brasil, duas marcas tomaram conta do mercado com seus lançamentos deste tipo de bike, a Monark e a Caloi. Muitas delas se imortalizaram e se tornaram objeto de desejo de diversos ciclistas. Inclusive, algumas dessas bicicletas anos 90 são muito parecidas com outras bikes de Mountain Bike da atualidade, conforme falamos neste post

Outras bicicletas anos 90, de modelos para os ciclistas de estrada, também tiveram sua evidência e alguns modelos marcaram a década. Para os mais nostálgicos, vamos relembrar algumas das bicicletas mais famosas e revolucionárias do período a seguir, venha se divertir conosco. 

10 bicicletas anos 90 que marcaram época! 

1. Caloi Aluminum 

Com o sucesso da Caloi Mountain Bike lançada no final dos anos 1980, a Caloi acompanhando as mudanças e evoluções tecnológicas, bem como a exigência dos ciclistas e consumidores, laçou um novo modelo nos anos 90. O modelo acompanhou a explosão das Mountain Bikes que passaram a ser os principais modelos à venda. 

Inspirada na bike da década anterior, a Caloi Aluminum chegou às lojas esbanjando tecnologia e totalmente em alumínio com câmbio de 21 marchas. Seu quadro de alumínio pesava apenas 2,3kg. Seus componentes eram importados da Europa e do Oriente, como o garfo em cromo molibdênio da França e os freios e o câmbio vindos do Japão. Se tornou uma das bikes anos 90 mais cobiçadas em todo país até hoje e uma das mais lembradas bicicletas que surgiram nos anos 1990. 

https://assets.pinterest.com/ext/embed.html?id=600245456557622767

2. Caloi Cruiser Safari Aro 26 

A linha Cruiser da Caloi era a bicicleta anos 90 considerada mais popular e básica da marca, que tinha modelos mais avançados na época, tais como os modelos Aluminum e a Aspen. A linha fez muito sucesso, principalmente para iniciantes na prática de Mountain Bike. 

Foram diversos modelos da linha Cruiser, mas um em especial chamou atenção, a linha Safari. O aro deste modelo era de 26’’, um pouco maior que nos modelos anteriores, com câmbio de 5 marchas e alavanca Dimosil, além do freio side pull. A simplicidade do modelo impressionava pelo conforto, um dos principais slogans da linha Cruise. 

3. 26 MTB Caloi Aspen 

O modelo que se tornou pioneiro para todos os tipos de terreno, lançado pela Caloi no final dos anos 1980, a Caloi Aspen foi uma das principais bicicletas da marca. Provavelmente, esta foi a bicicleta que influenciou muita gente na prática do ciclismo, com a possibilidade de pedalar em outras superfícies além da estrada. 

Em seus primeiros modelos, o quadro era de aço com 15 marchas e componentes importados, como os freios, que eram do Japão, com aro de 26”. Nos anos 1990, com o aumento do número de praticantes e da tecnologia, houve modelos com 18 ou 21 velocidades da Shimano e selim AMS.  

4. MTB Monark Allum Frame 7000 

As primeiras bicicletas de alumínio produzidas no Brasil foram do modelo Allum Frame da Monark. O quadro tinha o formato que se assemelhava às Speeds de estrada, justamente para terem um bom desempenho em grandes distâncias. 

O aro era de 26”, com 21 velocidades diferentes e componentes da Shimano a exemplo da Caloi. As coroas eram grandes em comparação com os modelos atuais, e a Monark Allum Frame 7000 foi um grande sucesso nos anos 1990, sendo lembrada até hoje como uma das primeiras bikes da categoria Mountain Bike de alumínio do país. 

5. Cannondale SR2000 

Entre as bicicletas Speed, voltadas para o ciclismo de estrada, a Cannondale teve alguns modelos icônicos durante os anos 1990. Fabricadas em alumínio e muito velozes, a empresa inovou nos formatos 3.0 dos quadros, com dois modelos, o Criterium e o Road Race. 

A top de linha SR2000, contava com algumas variações de marchas com 21 no máximo. A maioria de seus componentes vieram da Shimano, com aros da Mavic de 700 milímetros e módulos X-Tenos. 

6. Monark Ranger 

A linha Ranger da Monark foi a primeira Mountain Bike da marca, também lançada no fim dos anos 1980. Mas, foram nos anos 90 que o modelo tomou conta das pistas e terrenos acidentados. A linha Ranger possuía aro 26” e modelos variando entre 6 ou 12 marchas, como a Ranger SIX e a Ranger Trail, respectivamente, ambas de 1995. 

O modelo de entrada da Monark tomou conta de peças publicitárias na televisão brasileira, destacando o câmbio “soft touch” para facilitar os ciclistas em pisos mais complicados. O slogan em uma das propagandas da Monark dizia que “tem que passar pelo purgatório para chegar ao paraíso”, demonstrando a durabilidade e resistência das bicicletas. 

7. Monark Canyon 

Outro modelo de bicicletas anos 90 que se destacou entre as Mountain Bikes da Monark, foi a linha Canyon. A bicicleta que possuía boa performance no asfalto e em outros terrenos, trabalhava com câmbio Shimano SIS de 18 velocidades, sendo considerada um modelo acima da Ranger. 

As cores chamativas marcaram a época, como no modelo de 1992, com tons de verde formando um belo degradê. Outro ponto que imortalizou essa bike, era a resistência da bicicleta, considerada praticamente indestrutível. 

Monark Canyon

 8. Savoy Defiance 

Sem o mesmo apelo e poderio da Caloi e da Monark, a Savoy também teve bicicletas anos 90 que fizeram história. Na onda da Mountain Bikes da época, a marca lançou diversos modelos para tentar competir com as duas gigantes. 

A Savoy Defiance, lançada no início da década, possuía aro 26, assim como a maioria de suas concorrentes. O câmbio com 15 velocidades, componentes da Shimano e cores chamativas também marcaram a bike que chamava muito a atenção na época pela ótima resistência.   

9. Sundown Rain Drop 

A Sundown foi outra bicicleta que chegou para competir com as demais Mountain Bikes nos anos 1990. Com cores chamativas, principalmente em tons de roxo e vermelho, a Sundown mesmo sem a mesma força da Monark e Caloi, conquistou seu espaço na década. 

A linha Rain Drop da marca contava com aro 26 e câmbio de 18 marchas e fez muito sucesso a partir de 1995. Seus componentes eram da Shimano a exemplo das outras bikes marcantes da época e acompanhava a durabilidade de sua estrutura, uma marca da década.  

10 . Monark Brisa 

A Monark Brisa foi criada com o intuito de agradar o público feminino, com uma bicicleta voltada ao passeio, sem grandes aventuras. Com aro 26 em seu modelo original, a leve estrutura e alta durabilidade chamaram a atenção com um acessório em especial acima da roda dianteira, a cestinha. 

O slogan “toda mulher merece um pouco de brisa”, definiu o que era essa bike, leve e para percursos tranquilos. O modelo também foi fabricado em tamanho infantil e foi um dos grandes sucessos da década de 1990. 

Gostou do nosso conteúdo sobre bicicletas anos 90? Quer receber mais conteúdos como esse em seu e-mail? Assine nossa newsletter e fique por dentro de tudo que rola no blog.

Classificado de bikes; marketplace de bikes