Felizmente, as bicicletas ganham cada vez mais adeptos e espaços nas cidades. Mas andar de bike na cidade apresenta alguns desafios que tem a ver principalmente com a segurança. Trânsito, roubo, estresse são fatores dos quais ninguém está isento em uma grande metrópole.

No entanto, isso não deve nos desanimar, porque andar de bicicleta é uma das práticas mais saudáveis ​​que existem para a mente e o corpo, tanto se pedalamos por lazer ou esporte.

Pensando em tudo isso, escrevemos este post com várias dicas práticas para minimizar e ficar atento aos possíveis problemas e dificuldades de andar de bike na cidade.

Por que andar de bike na cidade?

Os benefícios de andar de bike na cidade são muitos. Vamos mencioná-los brevemente aqui, mas para ir um pouco mais fundo, recomendamos a leitura deste post.

  1. Saúde: Andar de bike emagrece, melhora a resistência muscular, libera endorfinas e serotoninas que contribuem para o nosso bem-estar, aumenta o fôlego, reduz o colesterol, regula a pressão arterial, elimina toxinas, melhora a circulação sanguínea, rejuvenesce, previne as condições de saúde mental, dentre muitíssimos outros benefícios.
  2. Economia: Andar de bicicleta economiza dinheiro que, de outra forma, seria usado na gasolina ou passagens de transporte urbano. Com infraestruturas urbanas com cada vez mais ciclovias, há cada vez menos desculpas para não ir trabalhar ou para a faculdade de bicicleta. E, se falamos de percursos de poucos quarteirões, o uso de automóvel, tendo em vista a economia e o bem-estar de andar de bicicleta, não se justifica.
  3. Meio ambiente: Em geral, um dos principais problemas das cidades é a poluição, causada em grande parte pelos carros. Andar de bike na cidade não só contribui para a saúde como também é um meio de transporte não poluente.
  4. Trânsito: O uso da bicicleta como meio de transporte na cidade permite descomprimir o trânsito, melhorando a circulação e a locomoção de todos.

Dicas imperdíveis para andar de bike na cidade

Agora que vimos brevemente os benefícios do ciclismo, mencionaremos algumas dicas importantes para manter em mente ao pedalar na cidade.

Mas antes, para quem tiver dúvidas, é necessário esclarecer o seguinte: sim, é possível desfrutar de um passeio de bike na cidade e aproveitar todas as vantagens.

Com um pouco de atenção e cuidado nas ruas, é possível mudar o nosso dia a dia e torná-lo uma experiência mais positiva e saudável.

Agora sim, então, as dicas!

Segurança

Antes de sair de casa, é preciso ter certeza de que contamos com toda a segurança necessária.

Se o capacete não é obrigatório, é altamente recomendável seu uso. Também é muito útil usar luvas e óculos por vários motivos: o clima, evitar a irritação da pele, evitar esfolar a mão numa possível queda, manter nossos olhos protegidos em dias de muito vento e que a visão esteja sempre clara.

Se sabemos que teremos que pedalar à noite, também é importante usar roupas brilhantes, na medida do possível que sejam reflectantes, e uma apropriada iluminação na bike.

Hoje existem muitos acessórios de iluminação leves, práticos e baratos disponíveis. O mais recomendável sempre é uma luz branca na frente e uma vermelha atrás. E, se for piscante, melhor, porque chama mais atenção.

Jamais pedalar na contramão

Embora pareça óbvio, muitos ciclistas não fazem isso. Mas pedalar na contramão é perigoso.

Um dos motivos é que, em geral, antes de atravessar a rua os pedestres olham para o lado de onde os carros vêm, mas dificilmente olham para a contramão.

A mesma situação acontece com os carros. Seja numa manobra, saindo de um estacionamento, antes de abrir a porta do carro o para entrar na rua, não é comum que os motoristas prestem atenção na contramão.

Por isso, o melhor é sempre pedalar na faixa da direita e, se for pedalar na estrada, a recomendação é usar o acostamento.

Se for necessário, ocupe a faixa inteira, porque se você ficar no canto, muitos carros tentaram andar pela mesma faixa que você, e isso é uma situação chata e perigosa.

Evite situações indesejadas ou perigosas

Quais são essas situações? Vejamos:

  • Cuidado com as portas e os carros estacionados: acidentes de ciclistas batendo nas portas de carros são comuns. Por isso é melhor olhar se os automóveis estão ocupados antes de passar do lado deles. Se não houver ninguém, procure passar numa distância segura, porque pode acontecer que nem você nem o motorista percebam a presença um do outro.
  • Seja previsível: a melhor forma de evitar acidentes ou situações tensas é ser previsível. Isso envolve, por exemplo, sinalizar. Se os motoristas sabem qual será seu próximo passo, ou melhor, pedalada, o percurso será feito com maior tranquilidade. Por isso, sempre sinalize seus movimentos.
  • Coloque-se no ponto de vista do motorista: embora o ciclista seja quem está em desvantagem, isso não justifica ficar sendo dono da rua. O motorista também é um ser humano. Considere o ponto de vista do motorista, dê passagem se puder ou espere o carro passar e, além disso, respeite o sinal e as leis de trânsito tanto quanto os motoristas são obrigados a faze-lo.

Educação

Nem todos os motoristas sabem, por exemplo, que é preciso manter uma distância de 1,5 m. Alguns, infelizmente, são grosseiros e desrespeitosos com quem anda de bike na cidade. Então, para educar o motorista, é preciso ter a atitude certa.

Numa situação tensa, tente saber se o motorista estava ciente do papel dele e das leis. Se o motorista for grosseiro, respire fundo e procure não ficar envolvido no estresse dele.

Se o motorista for educado, agradeça sempre!

 

bike na cidade

Dicas de circulação

  • Sempre tente saber com antecedência o caminho a percorrer.
  • Se houver uma ciclovia disponível, aproveite. Também é melhor pedalar por ruas mais tranquilas.
  • Evite as avenidas.
  • A calçada é para pedestres. Se for andar na calçada, é preciso descer da bike.
  • Se for possível, evite circular nos corredores de ônibus.

Com essas dicas, será muito mais fácil para qualquer ciclista andar de bike pela cidade.

Receba dicas valiosas e práticas gratuitas como essas em seu e-mail assinando nosso newsletter!

seguro de bike