O roubo de bike é uma preocupação de qualquer ciclista. Afinal, nada pior do que investir tempo e dinheiro deixando a magrela do seu jeito e de repente ter ela subtraída de você.

Além da questão financeira, há uma preocupação evidente com a possibilidade de uso de violência, o que agrava ainda mais a situação.

Para se ter uma ideia do quão sério é este assunto, no estado de São Paulo, uma bicicleta é roubada, em média, a cada 40 minutos, de acordo com um levantamento feito pelo Bom Dia São Paulo.

É claro que este problema não se restringe apenas ao estado de São Paulo, mas acontece em todo o país. Quer se proteger de sofrer um roubo de bike? Veja quantas informações valiosas nós separamos!

Roubo de bike: como agir?

Ninguém quer ter a sua bicicleta roubada, mas saber como agir caso uma situação assim ocorra é fundamental.

A primeira medida que você deve tomar ao verificar o roubo de bike é registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) imediatamente. Assim, caso a polícia encontre o ladrão e a sua magrela, ele poderá ser preso e a bike apreendida. O B.O. pode ser registrado em qualquer delegacia ou ser feito pela internet.

>>> Saiba mais: Roubo de bicicleta? Saiba como agir.

Número de série

Para registrar o B.O., você terá que ter o número de série da bicicleta. Esse número vem marcado no quadro e também na nota fiscal. Então, como medida de proteção, anote e guarde esse número em um local seguro.

Outra dica importante é ter fotos da sua bicicleta. Elas poderão ajudar a fornecer detalhes mais precisos como acessórios, cores, marcas de uso, adesivos etc.

roubo de bike

Imagem: bikebiz.com

Lojas da cidade

Você também pode avisar as lojas de bicicleta da sua cidade sobre o roubo de bike. Isso porque muitos ladrões tentam vender a magrela roubada nesses estabelecimentos.

Aproveite e divulgue o roubo de bike para o máximo de pessoas que conseguir, inclusive para desconhecidos. Faça cartazes e divulgue a imagem da sua magrela nas redes sociais, em grupos do Facebook de ciclistas da região e outros locais.

Cadastro

Com o roubo de bike se tornando um assunto cada vez mais preocupante, já existem sites especializados em realizarem o cadastro de bicicletas roubadas. Essa inclusão no sistema é feita gratuitamente.

Você registra a sua bike e emite um alerta de roubo. Caso alguém localize a bicicleta, ele poderá lhe mandar uma mensagem. Os sites de cadastros têm tido resultados satisfatórios já que muitos ciclistas, antes de comprarem uma bicicleta usada, costumam fazer uma pesquisa no cadastro.

roubo de bike

O que fazer antes e durante

Proteger a magrela é a melhor forma de evitar um roubo, assim como reunir o máximo de informações possíveis sobre ela, caso um incidente como esse aconteça.

Ao comprar sua bicicleta, imediatamente registre o número de série, que está presente na nota fiscal (e guarde esse documento). Pois, como você viu, essa é uma informação crucial para fazer o B.O.

Além disso, evite divulgar o número de série da sua bicicleta, principalmente em sites e aplicativos de origem duvidosa. Aproveite e crie provas de que a bike é realmente sua, colocando um adesivo, um desenho ou uma frase na sua bicicleta, de forma que apenas você saiba a identificação.

Durante

Se você notar que está sendo seguido, tenha em mente um plano de fuga. Tente localizar um carro ou cabine de polícia e informe a perseguição.

Caso seja abordado em um assalto, não reaja e entregue a sua bicicleta. Afinal, sua vida é mais importante. Tente não fugir, pois isso pode irritar o assaltante.

Normalmente, os ataques são feitos em bando ou com algum comparsa. Então, não reagir, irá impedir que você sofra danos mais graves.

>>> Saiba mais: Roubo de bicicleta: o que fazer antes, durante e depois.

Como evitar o roubo de bike durante o pedal?

Ter determinadas atitudes durante a pedalada ajuda a evitar um roubo. Com certeza você já ouviu aquela frase “a ocasião faz o ladrão”, então, melhor não dar bobeira, certo?

roubo de bike

As dicas mais importantes para evitar o roubo de bike são:

  • Fique sempre atento, já que os ladrões preferem as vítimas descuidadas, distraídas e mais frágeis, como crianças e adolescentes. Se esse for o seu caso, saia sempre acompanhado.
  • Evite pedalar em locais ermos, principalmente à noite, porque são ótimas ocasiões para o roubo de bike. Evite esses locais, ainda mais se estiver sozinho. Pedale sempre em locais movimentados, como grandes ruas e avenidas (de preferência em ciclovias) e nunca tranque sua bike em locais com pouca iluminação e isolados.
  • Use mais de um cadeado e prefira os modelos com travas D-Lock ou U-Lock, de ferro maciço, que atrasam os bandidos e dificultam o roubo de bike.
  • Sempre tranque sua bike em locais irremovíveis, como bicicletários e paraciclos ou em lugares firmes. Os bicicletários em forma de U invertido, com as duas pontas fixas no chão, são os mais seguros, pois você pode prender as duas rodas da bicicleta e o quadro. Sempre deixe o cadeado justo para evitar o uso de alavancas e serras.
  • Registre sua bicicleta no Bike Registrada. O registro é gratuito, então, aproveite!

>>> Saiba mais: 5 maneiras de evitar o roubo de bicicletas enquanto pedala.

Como escolher o cadeado certo para trancar sua bicicleta?

O cadeado é um ótimo aliado contra o roubo de bike. Mas de nada adianta usar um modelo simples e frágil. Os bandidos estão continuamente melhorando suas práticas, por isso precisamos estar sempre um passo à frente deles.

roubo de bike; cadeados

Uma dica simples, mas muito eficiente, na hora de escolher o cadeado certo é conversar com outros ciclistas e pedir sugestões deles. Certamente, muitos já passaram por maus apuros com cadeados pouco eficientes – e podem lhe dar dicas sobre marcas e modelos baseados em suas próprias experiências.

Não queira economizar com o cadeado. Afinal, é mais barato pagar um cadeado bom do que ter de lidar com o roubo da sua magrela, não é?

Outras dicas importantes são:

Cadeado U-Lock

Use um cadeado U-Lock que tem um mecanismo de bloqueio resistente a martelos e talhadeiras, oferecendo mais segurança. Ele tem um formato parecido com de uma ferradura e dificulta o uso de alavancas.

Há modelos menores capazes de travar a roda e a estrutura da bicicleta em alguma superfície fixa e outros, maiores, que bloqueiam as duas rodas ao mesmo tempo e o corpo da bike.

Compre cadeados com travas resistentes

As melhores travas são:

  • Trava de cabo: adaptável, porém não tão segura quanto os cadeados U-Lock. Você pode usar essa trava em locais mais seguros, mas a dica é usar um cadeado U-Lock e mais a trava de cabo, principalmente para prender peças removíveis, como a roda dianteira e o selim.
  • Trava de corrente de elos: mais resistente e indicada para áreas com índices altos de roubo de bike. O modelo tem os elos conectados e resistentes a serras, martelos e talhadeiras. A desvantagem é que ela é um pouco mais pesada e volumosa.
  • Trava de rodas e bancos: travas específicas que prendem as partes mais fáceis de serem removidas. É preciso um tipo específico de chave para remover esse cadeado.

Use mais de um cadeado

Invista, sempre, em mais de um tipo de cadeado. Analise cuidadosamente o local onde deixará a bike e escolha os modelos mais recomendados.

roubo de bike; cadeados

É possível usar um cadeado U-Lock junto de uma trava de cabo de aço, com o cadeado prendendo o quadro e a roda traseira e o cabo travando a roda dianteira e o banco, passando por dentro do quadro.

>>> Saiba mais: Saiba como escolher um cadeado ideal para trancar sua bicicleta.

Roubo de bike: as 5 cidades mais perigosas

Outra forma de evitar o roubo de bike é conhecendo as cidades mais perigosas para os ciclistas. Infelizmente, alguns municípios brasileiros têm altos índices de roubo – e se você pedala nesses locais, precisa de atenção redobrada e de muito mais cuidado ao estacionar sua magrela.

São Paulo

A capital paulista é a mais perigosa para os ciclistas, com uma média de 21% do total de bicicletas roubadas no país.

Além dos roubos, a cidade também registra um alto número de acidentes, devido ao trânsito caótico e bastante tumultuado.

Ainda que o município tenha investido na criação de ciclovias, nem todas são ideais. No Grajaú, por exemplo, as ciclovias são estreitas e os ciclistas precisam tomar muito cuidado para ficarem longe dos carros e demais veículos.

Rio de Janeiro

Acompanhando de perto São Paulo, Rio de Janeiro é a segunda cidade com maior número de roubo de bike, com 12% do total de roubos registrados no país.

Os arrastões são muito comuns na cidade maravilhosa – e existem alguns locais que há um grande número de acidentes com ciclistas, necessitando de atenção redobrada, como a região da Lapa, túnel Rio Sul, Linha Vermelha, Avenida Brasil, Rio Branco, Nossa Senhora de Copacabana, Francisco Bicalho e Presidente Vargas.

Curitiba

Em terceiro lugar, em número de bicicletas roubadas, está Curitiba, a capital do Paraná, com 7,56% de todos os roubos no país.

A cidade também enfrenta outros problemas que atrapalham a vida do ciclista. Embora a capital paranaense tenha mais de 200 km de ciclovias, nem toda são iluminadas, o que aumenta a sensação de perigo.

Outros problemas são: integração limitada, conservação precária, dificuldade de integrar bike e ônibus, entre outros.

Brasília

Em quarto lugar, está a capital do Distrito Federal e do país. Brasília responde por pouco mais que 3,5% dos roubos de bike do Brasil.

Ainda que a cidade tenha uma das maiores malhas cicloviárias do país, usar a bike como meio de transporte por lá também é desafiador. Afinal, muitas das ciclovias não são integradas e várias sofrem com a infraestrutura precária.

Belo Horizonte

Fechando nosso ranking, com as 5 cidades mais perigosas está Belo Horizonte. A capital mineira responde por 3,16% de todos os roubos de bike do país.

Porém, não são apenas os roubos e furtos que afligem o ciclista mineiro. Um estudo inédito concluiu que BH é a cidade em que os ciclistas mais temem o trânsito. Para uma boa parcela dos pesquisados, a falta de respeito dos motoristas é um dos principais problemas.

A segurança pública também foi listada pelos ciclistas de BH no estudo, já que infelizmente os assaltos em grupos são uma realidade na cidade.

Como proteger a bicicleta contra roubo?

Diz o ditado que é sempre melhor prevenir do que remediar. E quando o assunto é roubo de bike, isso não é diferente. Por isso, o ideal é proteger sua magrela sempre que possível, tornando a vida dos bandidos muito mais complicada.

Separamos algumas dicas muito boas e bem práticas que você pode usar para se proteger. São elas:

  • Evite pedalar em locais isolados. Prefira locais bem iluminados e com movimento de pessoas e de carros, tanto para os pedais durante o dia como à noite. Se possível, pedale em ciclovias, que são mais seguras.
  • Use uma tranca e um cadeado de qualidade. Evite usar a trava de cabo de aço como principal, porque ela é fácil de ser cortada. Prefira as travas no modelo U feitas com ferro maciço e mais difíceis de quebrar.
  • Prenda a bike em um local visível e movimentado, com várias pessoas passando pela área. Não se esqueça de prender a bicicleta em um local firme no chão, como postes ou placas de sinalização, de maneira que não atrapalhe a passagem de pedestres ou, claro, em um bicicletário.
  • Dê preferência para pedalar em grupos, que são alvos menos visados pelos bandidos.
  • Planeje seu trajeto antes de sair para o pedal, verificando como é a segurança de todo o percurso, evitando aqueles locais potencialmente perigosos.
  • Fique sempre atento e alerta, já que os ladrões estão sempre em busca de vítimas distraídas, descuidadas ou sozinhas.
  • Tenha o número de série da sua bicicleta, já que essa é uma informação crucial caso a magrela seja roubada e você precise registrar um B.O.

>>>Saiba mais: Saiba como proteger sua bicicleta contra roubo.

Como se proteger contra furtos de bike no Brasil

Infelizmente, o roubo de bike é uma realidade no nosso país, presente em praticamente todos os estados e cidades. Porém, mesmo com essa realidade, é possível pedalar com um pouco mais de tranquilidade.

roubo de bike

Nós separamos mais dicas que ajudam você a se proteger contra os furtos de bike:

  • Descubra quais são as regiões mais perigosas da sua cidade ou do local onde deseja pedalar.
  • Registre a sua bicicleta e use o selo de segurança do Bike Registrada, assim, caso a bicicleta seja roubada, você poderá acionar o alerta de roubo e aumentar as chances de recuperar a magrela.
  • Guarde a bicicleta dentro de casa em locais nos quais ela fique mais escondida. Deixar a bike na garagem ou em uma área externa pode chamar a atenção dos bandidos e facilitar o furto.
  • Se você mora em prédio, cuidado ao deixar a bike no bicicletário. Tente deixá-la sempre do mesmo modo, porque assim você saberá rapidamente se alguém mexeu nela. Trave a bicicleta com cadeados, mesmo estando no condomínio. E se você não confia no espaço, guarde a magrela no seu apartamento.

>>> Saiba mais: Dicas para se proteger de furtos de bike no Brasil.

Bicicletas roubadas: como identificar?

A verdade é que só existe roubo de bike porque há mercado para as bicicletas roubadas. Mas nem sempre é fácil identificar se uma magrela usada é proveniente de roubo, não é?

Por isso, se você está pensando em comprar uma bicicleta, precisa saber como identificar as bikes roubadas para não acabar contribuindo com essa situação.

Existem, claro, alguns sinais de que há algo errado com a venda, como:

  • Preço da bicicleta muito abaixo do valor de mercado. Então, quando receber um anúncio ou uma oferta interessante, sempre pesquise na internet o preço médio da magrela. Descontos exorbitantes e valores inferiores aos praticados podem ser indicio de produto roubado.
  • Fotos que não correspondem ao produto anunciado. Para não chamar a atenção do dono da bicicleta roubada, muitos ladrões não colocam fotos reais da bike que estão vendendo e usam fotos genéricas. Assim, sempre confira ao vivo se a bicicleta corresponde às fotos do anúncio.
  • Vendedor que desconhece a bicicleta. Se você tem uma bicicleta usada para vender, claro que irá conhecê-la melhor que ninguém. Por isso, sempre questione o vendedor sobre o histórico da bike, ano de série, troca de peças, modelo e outras informações. Se ele titubear e não souber responder, desconfie.

>>> Saiba mais: Aprenda a identificar bicicletas roubadas.

Como comprar bicicleta usada

Apesar do risco, você não precisa deixar de comprar uma bicicleta usada. É possível fazer essa transação com segurança. Veja as dicas que separamos:

  • Confira a procedência da bicicleta.
  • Converse com o vendedor antes de ir ao local avaliar a bike e fechar negócio, conferindo pontos como: os locais onde a pessoa costumava pedalar, se a bicicleta ficava na praia ou na cidade, quantos km em média a bike usada rodou e se a magrela é original ou já teve peças trocadas. Assim você consegue verificar o estado de conservação e também garantir que o vendedor realmente era o dono da bicicleta.
  • Converse com o vendedor para saber em qual loja ele comprou a bicicleta – e investigue se a loja realmente existe e se comercializa ou já comercializou aquela marca e modelo. Se a bicicleta for roubada, o vendedor poderá desconversar afirmando ter comprando a bike de um amigo ou de uma loja que já fechou. Mesmo lojas fechadas podem ser pesquisadas, bastando levantar o CNPJ dela para checar se  a história é verídica.
  • Pesquise na internet sobre o vendedor, levantando dados como localização, nome e também as redes sociais, checando as publicações feitas por ele. Se nas redes sociais, o vendedor tiver fotos com a bicicleta que está vendendo, há menos chances de ela ser fruto de roubo.
  • Dê preferência à sites e marketplaces especializados na venda de bicicletas usadas. Confira o perfil do vendedor nessas plataformas, a reputação e o histórico dele, as vendas que já realizou e a data em que criou o perfil no site.

Dica: Você sabia que o Bike Registrada tem um marketplace só para bicicletas? Confira o Classificados Bike Registrada!

  • Confira se o número de série do quadro não está raspado. Toda bike tem o número de série gravado no quadro, abaixo do movimento central. Se este número estiver raspado, desconfie, porque os ladrões costumam fazer isso nas bikes roubadas para dificultar a identificação.
  • Solicite a nota fiscal da bicicleta usada e avalie se ela não é falsificada. A falta desse documento ou apresentação de um documento falso são fortes indícios que a bicicleta é roubada.
  • Avalie se a bike já foi pintada. Geralmente, bicicletas roubadas têm uma pintura única, realizada de maneira caseira, com imperfeições e que disfarçam ou escondem totalmente a marca e a pintura original da bicicleta. As manchas no quadro, que dão a impressão que alguém tentou pintar a bike, também são indícios de roubo.
  • Pesquise para saber se a bicicleta foi roubada. Há vários sites que oferecem cadastros de bicicletas e emitem alerta de bikes roubadas. Pesquise pelo número de série da magrela que você deseja comprar e verifique se ela não se encontra nesses bancos de dados.

>>> Saiba mais: Bicicleta usada: qual o risco de comprar uma bike roubada?

Riscos de comprar uma bicicleta roubada

Comprar uma bicicleta roubada não é uma boa ideia. Primeiro porque você estará incentivando essa prática – e poderá acabar sofrendo com ela. E, depois, porque a bike não terá garantias, por exemplo contra defeitos de fabricação e nem do lojista. Assim, caso alguma peça acabe quebrando, ou se o quadro rachar, você terá perdido seu investimento e terá gastos extras.

roubo de bike

Além disso, você poderá ser enquadrado no crime de recepção. Se o dono verdadeiro da bicicleta conseguir comprovar que é realmente o proprietário da magrela, você poderá ser enquadrado como parte e conduzido à delegacia, com voz de prisão – podendo ficar preso de 1 a 4 anos.

Bike roubada: como recuperar?

Você acabou sofrendo com o roubo de bike? Mantenha a calma, pois com algumas medidas é possível recuperar sua bicicleta. Se você tomou algumas das precauções que listamos ao longo desse conteúdo, certamente o processo será mais eficiente – e com mais chances de recuperação.

>>> Saiba mais: Como recuperar uma bike roubada.

Veja algumas dicas.

Nota Fiscal

Nós já falamos ao longo deste conteúdo o quanto ter a nota fiscal é importante. Sempre que comprar uma bicicleta, registre as informações da compra, anote o número de série e guarde a nota fiscal.

Pergunte ao lojista outras informações e documentos da bicicleta, como manuais do fabricante do quadro e de outras peças. Guarde todos esses papéis. Eles ajudam a comprovar que você realmente era dono da bicicleta roubada.

Se você tem receio de acabar perdendo essa documentação ao longo do tempo, por exemplo em mudanças, digitalize a nota e os demais itens e guarde em um servidor na nuvem, por exemplo.

Fotografias

Outra maneira de provar que a bike roubada era, realmente, sua, é por meio das fotografias. Registre aquele momento histórico comprando a magrela na loja, seus passeios etc.

Também é importante fazer um registro mais detalhado da sua magrela. Fotografe a bicicleta de vários ângulos e também os detalhes das peças e do quadro. Tire fotos das marcações numéricas presentes na área da caixa de centro. Para fazer essas fotografias com qualidade, vire a bicicleta com as rodas para cima.

Se, com o tempo, você fizer trocas de peças, lembre-se de fotografá-las também e armazenar tudo junto em um arquivo especial dedicado a sua bicicleta. Assim será mais fácil comprovar todas as mudanças.

Marca pessoal

Marque a sua bicicleta de uma maneira pessoal – de modo que seja fácil identificar a sua bike entre tantas outras, tornando maiores as chances de recuperação.

Pode ser uma pintura no bagageiro ou nas rodas, uma fitinha amarrada no guidão, entre outros detalhes.

Sistema de dados

Registre sua bicicleta no Bike Registrada.  Essa é uma maneira muito eficiente de proteger sua bike e, principalmente, de conseguir encontrá-la em caso de roubo.

O bike registrada é gratuito, online e fácil de utilizar. Ele é usado por muitos ciclistas que desejam comprar uma bicicleta usada. Assim, caso alguém esteja tentando vender a bike que roubou de você, outros ciclistas poderão denunciar e indicar onde sua magrela está.

Outra vantagem é que o Bike Registrada tem parceira com vários órgãos de segurança pública e lojistas, facilitando na hora de analisar se uma bike é fruto de roubo ou não. Veja o depoimento de quem já teve sua Bike Recuperada com a ajuda do Bike Registrada. 

Boletim de Ocorrência

Assim que sua bike for roubada, é muito importante que você faça o Boletim de Ocorrência, registrando formalmente o ocorrido. Procure amigos ou familiares para te acompanhar e registre a queixa em uma delegacia.

Leve junto a nota fiscal, as documentações e as fotografias da sua bicicleta, para comprovar a sua posse, bem como o número de série (que será solicitado para fazer o B.O.).

A corporação de alguns estados já usam o sistema de registro de bicicleta integrado a base de dados oficiais. Isso ajuda a agilizar a identificação da bicicleta e aumenta as chances de você conseguir reavê-la.

Alerta de roubo

Ao adicionar a bicicleta nos registros, é importante que você acione o alerta de roubo. Com esse alerta ativo, lojas, órgãos públicos e ciclistas que têm acesso ao sistema saberão que sua bike foi roubada e poderão denunciar caso a encontre sendo vendida ilegalmente em algum site ou outro local.

Seguro de bike

O seguro de bike é um ótimo aliado para proteger você contra os roubos. Prático e fácil de fazer, uma apólice como essa lhe ajuda a não ficar no prejuízo quando não for possível recuperar sua magrela.

Existem vários tipos de seguro, bastante flexíveis e com coberturas específicas para o perfil de cada ciclista, que oferecem adicionais interessantes, como responsabilidades por dano civil, reboque, transporte etc. Inclusive, o Bike Registrada oferece um seguro para ciclistas. Conheça ele clicando aqui

Caso você já tenha seguro, quando a bike for roubada, não se esqueça de contatar a seguradora. Assim, você conseguirá ressarcir esse valor e poderá comprar uma magrela nova (e tomar todos os cuidados que listamos para prevenir futuros roubos).

Roubo x Furto x Furto Simples x Furto Qualificado: quais as diferenças?

Quando você tem um seguro ou for fazer um B.O., poderá ter que responder se a sua bicicleta, afinal de contas, foi roubada ou furtada e, pior, se foi um furto simples ou qualificado.

Sem saber do que se tratam esses termos, pode ser complicado dar a informação correta, não é? Além disso, entender a que se refere cada uma das expressões ajuda a contratar corretamente o seguro de bicicleta, sabendo contra qual ato ele te protege.

roubo de bike

Roubo

É roubo de bike quando ela é subtraída mediante ameaça. Por exemplo, quando alguém leva a sua bicicleta te ameaçando com uma arma de fogo, uma faca ou outro objeto com poder de destruição.

O termo vale tanto para caso você esteja parado como pedalando e alguém faça uma ameaça à sua vida para levar a magrela.

Furto

O furto de bike é quando o criminoso leva a magrela sem fazer nenhuma ameaça (e pode ser até que você nem esteja junto da bicicleta no momento). Pode ser furto tanto quando o criminoso usa uma ferramenta como quando ele consegue pegar a bike sem dificuldades ou obstáculos.

Furto Simples

É todo furto que não há quebras ou rompimentos de obstáculos. Ou seja, quando ele leva a magrela sem deixar vestígios. Por exemplo, quando alguém entra na sua casa e leva a sua bike sem quebrar cadeados, portões ou outros obstáculos. Ou quando você deixa a magrela estacionada sem nenhuma proteção – e o bandido apenas passa e leva ela embora.

Furto qualificado

O furto qualificado, por sua vez, é aquele no qual o bandido precisa quebrar ou destruir alguma barreira que impedia que a bicicleta fosse levada, como as travas e cadeados, o portão da sua casa etc.

Geralmente, os seguros de bicicleta apenas cobrem casos de roubo e furto qualificado, pois, no furto simples, é possível entender que você não protegeu como deveria o seu bem.

Por isso, entender essas diferenças é tão importante, já que assim você conseguirá compreender exatamente contra quais ameaças está coberto, tomando as precauções necessárias.

>>> Saiba mais: Qual a diferença entre roubo e furto, furto simple e qualificado?

Seguro de Bicicleta: um aliado contra o roubo de bike

Uma das melhores maneiras de se proteger contra o roubo de bike é com um seguro de bicicleta. Existem várias opções no mercado, com valores atraentes e que lhe deixam mais tranquilo, pois você saberá que, caso algo aconteça, terá o reembolso financeiro para cobrir seus prejuízos.

O seguro Bike Registrada é uma dessas possibilidades. Ele é totalmente online e você pagará mensalmente, com valores que cabem no seu bolso.

Coberturas

Quando for escolher um seguro de bicicleta, é muito importante que você avalie as coberturas oferecidas. Elas devem estar de acordo com o seu perfil de ciclista e com os riscos aos quais está exposto.

Por exemplo, quem irá fazer uma cicloviagem acabará exposto a muito mais riscos do que um ciclista que pedala apenas aos finais de semana em grandes grupos.

Boas coberturas para ter no seu seguro são:

  • Roubo ou furto qualificado, tanto no decorrer do uso como durante o transporte;
  • Acidente ou quebra, com reembolso de gastos para conserto ou substituição em caso de acidentes durante o passeio ou o transporte da bicicleta;
  • Responsabilidade civil, cobrindo danos causados a terceiros, como em caso de atropelamentos.

roubo de bike

Assistências

Além das coberturas, é válido optar por um seguro que também ofereça diferentes tipos de assistências, tornando seu pedal mais tranquilo. Boas alternativas são:

  • Assistência 24 horas, para casos como pneu furado, acidente pessoal, perda de chaves, agressão ou ferimentos pessoais;
  • Reboque ou transporte adequado;
  • Transporte para levar o ciclista e a bicicleta para um atendimento de saúde em caso de mal súbito;
  • Personal Fitness, com orientações sobre melhores rotinas de treino para seu biótipo, avaliação de condicionamento físico, entre outras;
  • Assistência nutricional, com recomendações de um profissional da área sobre alimentação saudável, perda de peso e ganho de massa muscular, de acordo com seu perfil e objetivos.

Seguro Bike Registrada

O seguro Bike Registrada oferece todas essas coberturas e assistências que citamos – e é muito prático e simples.

Para aderir ao seguro, basta, primeiro, fazer uma simulação em nosso site, informando a marca, o modelo e o valor da sua bike, descobrindo o preço do seguro ideal para seu perfil.

Na sequência, é só optar entre um plano de seguro, preencher e nos enviar os dados que irão constar na sua apólice – são apenas poucos dados e o processo é bem rápido.

Para finalizar, é preciso realizar uma vistoria on-line da sua bike. Tudo é muito rápido, prático e sem ter que levar sua bicicleta para nenhum lugar, já que a vistoria é feita pela internet.

Após esses passos simples, o seu seguro estará ativado e você receberá sua apólice, certificado e manual para seu e-mail.

Planos

Conheça mais sobre os planos do seguro Bike Registrada e descubra qual é ideal para seu perfil de ciclista:

  • Bike Performance: cobertura contra roubo e furto qualificado, acidente ou quebra, responsabilidade civil, assistência 24 horas, transporte e reboque e extensão para transporte internacional;
  • Bike Ativo: cobertura contra roubo e furto qualificado, acidente ou quebra, assistência 24 horas e transporte e reboque;
  • Bike Urbano: cobertura contra roubo e furto qualificado, assistência 24 horas e transporte e reboque.

Selo Bike Registrada: o que é e como funciona?

O Selo Bike Registrada é uma solução tecnológica que ajuda a te proteger contra roubo de bike. Ele funciona desestimulando a ação dos bandidos e facilitando a identificação da bicicleta e do proprietário, diminuindo o risco de compra de uma bicicleta roubada e ajudando na devolução de bicicletas recuperadas.

Como funciona

O selo é desenvolvido com tecnologia 3M, com alta qualidade e durabilidade, sendo resistente à chuva e ao sol. Ele é um produto autoadesivo e, portanto, fácil de aplicar. Também é auto refletivo, o que ajuda a oferecer mais visibilidade noturna.

Sua cola é de alta aderência, sendo difícil remover o selo, dificultando a vida dos bandidos e tem impressão a laser.

O funcionamento é simples: cada selo possui um QR Code e TAG que facilita a identificação da bicicleta e do proprietário. Basta baixar o app gratuito do Bike Registrada e ativar o seu selo.

Vantagens

O selo Bike Registrada é um produto inovador e com muitas vantagens, reduzindo as chances de roubo de bike. Entre os pontos positivos estão:

  • Combate ao comércio de bicicletas roubadas ou furtadas;
  • Facilidade e praticidade para o proprietário identificar a sua bicicleta;
  • Alerta de roubo e furto;
  • Chances reais de recuperação da sua bike;
  • Combate à ação dos ladrões;
  • Reduz o risco de comprar uma bicicleta roubada;
  • Praticidade na verificação da propriedade da bicicleta pela polícia;
  • Contato direto com o proprietário para a devolução da bike roubada em caso de apreensão ou recuperação;
  • Permite a transferência de propriedade da bicicleta;
  • Não tem mensalidade.

Outros serviços Bike Registrada

O Bike Registrada oferece outros serviços para ajudar a aumentar a proteção contra roubo de bike. Conheça mais.

Bike Loc

Serviço disponível no selo Bike Registrada que permite receber um SMS com a localização de onde sua bicicleta foi consultada.

O Bike Loc funciona assim: quando alguém consultar uma bicicleta com alerta de roubo ou furto e que tenha o selo de segurança vinculado, automaticamente o dono receberá uma mensagem SMS em seu celular, com a localização aproximada de onde a consulta foi feita.

Bike Vida

Mais um serviço disponível no selo de segurança Bike Registrada que permite a consulta das informações vitais de um ciclista e fornece os contatos de emergência que poderão ser acionados em caso de acidente.

Ajuda na identificação do ciclista em caso de acidentes e conta com: ficha médica, tipo sanguíneo, alergias, problemas de saúde, medicamentos e outros dados cruciais para salvar uma vida.

Depois de ler essas informações, você já sabe tudo sobre roubo de bike, inclusive como se proteger ou agir caso algo assim aconteça? Conheça mais sobre o seguro Bike Registrada e veja como é fácil pedalar com mais segurança!

seguro de bike