AtletasEsporte e Fitness

Conheça a trajetória da ciclista Alessandra Keller

112, Keller, Alessandra, Thömus - RN, , SUI

Talvez você já tenha ouvido falar de Alessandra Keller.

Esta atleta, apesar da pouca idade, revelou-se um grande talento no mundo do ciclismo e, além de campeã, é a inspiração de centenas de ciclistas por todo o mundo.

Neste post vamos conhecer mais sobre sua vida, sua prática esportiva e suas conquistas.

Foto: EGO-Promotion, Armn M. Küstenbrück/Site Oficial de Alessandra Keller

 

Quem é Alessandra Keller?

Caso você tenha ouvido falar da Alessandra, estará ciente de seu destaque como atleta. Mas, se você nunca ouviu falar, continue lendo, porque sua história é inspiradora.

Alessandra Keller nasceu no dia 27 de janeiro de 1996 na Suíça, e atualmente mora no Cantão de Nidwalden, no município de Ennetbürgen.

Desde criança, ela sentiu uma forte atração para o esporte e o exercício. Ela fez atletismo, hóquei no gelo, natação e esqui, mas eventualmente, encontrou na bicicleta o meio para satisfazer os seus interesses.

Assim que terminou o ensino médio, começou a se destacar como uma verdadeira atleta profissional a partir de 2016.

Junto com Jolanda Neff, venceu o Swiss Epic de 2016, uma corrida de mountain bike por etapas.

Com 22 anos, venceu a corrida da copa do mundo Short Track Cross-Country em Vallnord, Andorra, na categoria elite.

Também fazendo cross country, venceu o Campeonato Mundial de 2018 na categoria Sub-23.

Alessandra Keller foi campeã suíça quatro vezes:

  • No 2021 na categoria Sub-17.
  • No 2013 na categoria Sub-19.
  • No 2018 na categoria Sub-23.
  • E em 2022 na classe elite.

Como se isso não bastasse, ainda ganhou a medalha de prata no campeonato mundial de pista curta de MTB de 2022 em Les Gets, França, superada apenas por Pauline Ferrand-Prévot.

Essas são apenas algumas de suas conquistas, pois, contando apenas quando saiu em primeiro, segundo ou terceiro lugar, já participou de mais de 40 competições.

Logicamente, para conseguir esse desempenho, Alessandra Keller pedala muitas horas por dia numa mountain bike fazendo treinamentos específicos, mas também faz longos e tranquilos passeios.

Ela complementa o treino com esqui, além de ir à academia e correr.

Paralelamente à carreira de atleta profissional, ela cursa farmácia na universidade.

Segundo a própria Alessandra, seu estudo é um complemento perfeito para a sua atividade.

Quando está na bike, ele só foca no corpo e no objetivo. Mas quando está na faculdade, o corpo fica em segundo plano e é a sua mente que começa a trabalhar.

A equipe de Alessandra Keller

Atualmente, Alessandra faz parte da equipe Thömus RN Swiss Bike Team, liderada por Ralph Näf.

É uma equipe suíça profissional de mountain bike que inclui alguns dos melhores ciclistas suíços, como Mathias Flückiger, Vital Albin, Luke Wiedmann e Alexandre Balmer.

Obviamente são patrocinados pela Thömus, um fabricante suíço de bicicletas, mas também por outras marcas de renome como Shimano, Garmin, New Balance, entre outras.

Modalidade e bicicleta

Como falamos acima, Alessandra Keller se destacou enormemente fazendo mountain bike na modalidade cross country.

No caso das bicicletas, a equipe utiliza os produtos do seu patrocinador, a marca Thömus.

Embora não seja muito conhecida fora da Suíça, essa marca produz umas bikes de ótima qualidade.

A marca lançou até um modelo especial para comemorar as vitórias de Alessandra: a Thömus Lightrider edição “WC Champion 2022”.

É uma MTB de suspensão total que tem vencido as provas de mais alto nível nos últimos anos, não só por Alessandra Keller como também pelo seu companheiro de equipe Mathias Flückiger.

A característica mais marcante deste modelo é a escolha de peças DT Swiss para a suspensão.

Embora seja comum encontrar rodas dessa marca sendo utilizadas por profissionais, não é tão comum no caso das suspensões.

No entanto, considerando o desempenho de Alessandra, valeu a pena.

Vejamos as características desse modelo:

  • Quadro: Thomus Lightrider World Cup
  • Garfo: DT Swiss F232one 110mm
  • Suspensão: DT Swiss F232one 100mm
  • Rodas: DT Swiss 1200 com interior de 25mm
  • Cubos: DTSwiss 140
  • Pneus: Schwalve First Ride
  • Guidão: Bikeahead
  • Freios: Shimano XTR
  • Espigão telescópico: KS 125mm
  • Transmissão: Shimano XTR com cassete 11-51
  • Potenciômetro: MTB Stage integrado nas pedivelas

Vale destacar que a Thömus Lightrider já é um modelo existente, de fato, é o modelo que usaram os ciclistas mencionados acima, mas o modelo WC Champion 2022 é especialmente decorado com o nome e o logotipo de Alessandra.

Como podemos ver, Alessandra Keller, apesar dos poucos anos em que compete profissionalmente, já deixou sua marca na estrada.

Hoje, é difícil encontrar alguma publicação especializada que não mencione o seu nome, principalmente em 2022, onde foi proclamada vencedora do Mundial de XCO e Short Track na categoria Elite.

Foto: EGO-Promotion, Armn M. Küstenbrück/Site Oficial de Alessandra Keller

Como é estar na pele de uma atleta profissional como Alessandra Keller?

Recentemente, e graças ao destaque profissional que teve este ano, pudemos ouvir mais sobre Alessandra.

Em entrevista que concedeu para a publicação especializada Data Sport, Alessandra fala da importância do foco de um atleta em si e na corrida como um diferencial para a vitória.

Porém, muitas vezes o que joga contra é a forte pressão que a pessoa exerce sobre si mesma, que pode ser muito maior que a pressão externa.

No caso, ela recomenda aprender a lidar com isso. Assim, mantendo essa exigência sob controle, o atleta consegue atingir seu melhor desempenho.

Porém, reconhece que é difícil competir e estar submetido às pressões próprias do esporte sem ficar nervoso.

Um dos pontos mais interessantes da entrevista foi quando ela deu algumas dicas para os ciclistas amadores que estão querendo competir:

  • Em primeiro lugar, ela recomenda começar no próprio nível, sem exigir demais ou querer pular etapas. O certo é que é melhor se destacar, mesmo em um nível baixo, do que enfrentar um nível que só nos trará frustração.
  • A segunda dica da Alessandra é que, estando ciente do próprio nível, construir um passo a passo e não estabelecer metas que sejam muito grandes. Tudo bem sonhar grande, mas, no dia a dia, temos que nos aperfeiçoar aos poucos.
  • A última dica, e não menos importante, é curtir o processo e aguardar o evento com entusiasmo.

Você já conhecia a carreira de Alessandra Keller ou de outros atletas renomados? Deixe o seu comentário!

Artigos relacionados
Esporte e FitnessPercursos e trilhas

Pedalando no Parque Vila Velha: roteiros incríveis para ciclistas

O Parque Vila Velha, com suas paisagens de tirar o fôlego e trilhas diversificadas, se tornou um…
Leia mais
Esporte e FitnessPercursos e trilhas

Estrada da Graciosa: confira essa incrível rota para pedalar

Dizem por aí que, às vezes, é mais importante o destino que o caminho. Nada mais certo para a…
Leia mais
Esporte e FitnessPercursos e trilhasViagem

Guia completo de pousadas no Caminho da Fé: opções para ciclistas

O Caminho da Fé é uma rota de peregrinação espiritual e física que atrai tanto caminhantes…
Leia mais
Newsletter
Receba  novidades  do Bike Registrada

Receba toda semana matérias  e novidades do Bike Registrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?