Para quem é apaixonado por bikes, é normal que o entusiasmo leve a querer conhecer mais sobre o esporte e praticar em diferentes entornos, modalidades e estilos, como o cross-country.

Também conhecido pela sigla XC, o cross-country tem uma infinidade de praticantes em todo o mundo sendo uma das categorias mais populares.

Vamos descobrir o que é e porquê milhares de pessoas optam por esse esporte como prática principal.

O que é cross-country?

O XC é a modalidade original do Mountain Bike e difere das outras categorias basicamente por dois motivos.

Em primeiro lugar, as provas são mais longas do que outras, de várias horas a um dia inteiro sem parar dependendo da categoria.

E em segundo lugar, as competições são realizadas na natureza em todas as suas variantes, ou seja, trilhas, pedras, grama, areia, cascalho. Se faz parte da natureza, então faz parte do esporte.

Por sua vez, o cross-country é dividido em duas categorias: Olímpico (ou, por sua sigla, XCO) e Maratona (XCM).

Sim, desde o seu surgimento na década de 70, a prática do mountain bike já percorreu um longo caminho e o cross-country é a única variante dessa disciplina que atualmente é reconhecida como um esporte olímpico.

O XCO consiste em várias voltas realizadas num circuito fechado de cerca de 6 km com vários desafios e obstáculos, como variações na composição do terreno, subidas e descidas, entre outros. 

A categoria Maratona é uma corrida de muitos quilômetros (entre 50 a 120) e requer muita resistência física por parte do atleta. No entanto, os percursos não apresentam tantas dificuldades como na categoria olímpica.

Será que cross country é para mim? 

A prática de cross-country requer principalmente resistência aeróbia.

Antes mencionamos que os circuitos são compostos por muitos desníveis e obstáculos, por isso também é um esporte intenso.

A largada se caracteriza por ser rápida, mas não demorará muito até que as dificuldades apareçam, portanto, haverá áreas com muita pedalada e outras que exigem mais destreza técnica.

O trabalho dos músculos também é importante, não só das pernas, mas também dos braços para estabilizar a bicicleta durante o percurso, por isso é necessário um treinamento de força.

Perfil do praticante

Os atletas precisam estar prontos para enfrentar uma alta frequência cardíaca. De acordo com estudos, uma média de 90% do máximo é utilizado nesta categoria.

O consumo de oxigênio é maior que o de atletas amadores. Esse esporte exige que seja mantida uma intensidade próxima ao consumo máximo de oxigênio, ou seja, um bom limiar anaeróbio.

Portanto, em suma, o cross-country requer resistência, força e potência aeróbica.

Dicas para quem quer começar

Uma dica para quem quer começar é ir ao próprio ritmo. Não é necessário entrar em uma competição imediatamente. 

Em primeiro lugar, é melhor desenvolver resistência e capacidade pulmonar fazendo percursos mais longos e menos turbulentos e, a seguir, pedalando em terrenos mais curtos, mas com obstáculos.

Para quem já anda de bicicleta há algum tempo e desenvolveu uma boa resistência, é melhor começar a pedalar em circuitos com dificuldades para habituar os músculos às constantes vibrações, exigências e explosões de movimentos que requerem os terrenos mais acidentados.

Se você já é ciclista há muito tempo e planeja entrar em uma competição, o melhor é:

  • Começar o treino pelo menos 2 meses antes.
  • Pedalar uma distância maior do que o circuito de competição.
  • Carregar sempre um kit de ferramentas, câmaras de ar, bomba de ar, lubrificante de corrente, etc.
  • Aumentar gradualmente a intensidade e a dificuldade.

Qual Bike é ideal para o cross-country?

A bike mais usada pelos atletas e fãs do cross-country é uma hardtail, ou seja, sem suspensão traseira. Os aros recomendados são os de 29′ ou 27,5′.

E um dos pontos essenciais é que a bike seja leve. Por isso compensa abrir mão da suspensão traseira. O importante, neste caso, é o rendimento por acima do conforto.

Mas também é fundamental que a bike seja resistente. Felizmente, os avanços na fabricação permitem modelos com ligas de metal incrivelmente fortes, embora sejam muito leves.

cross country bike

 

Imagem: lzf

Principais competições

Existem muitos eventos de ciclismo de MTB em todo o mundo, e entre as principais competições e locais estão:

  • UCI MTB World Cup: organizada pela Union Cycliste Internationale (UCI), é a mais importante a nível mundial. A primeira edição do tour mundial foi em 1989, e abrange as categorias XCO, Downhill, 4X, XCE e TRI. Atualmente começa na República Tcheca e termina na França.

  • Jogos Olímpicos: como dissemos, o cross-country é a única variante do MTB reconhecida como um esporte olímpico, e as categorias são cross-country masculino e feminino.

  • Nové Město, República Tcheca: esse lugar atrai muitos fãs do MTB, especificamente do cross-country em pista curta. Seu início foi em 2018 e atualmente é um dos mais importantes do mundo.

  • Les Gets, França: outro local imperdível para os atletas de cross-country e MTB, sendo a sede de alguns dos eventos mais importantes, como a Copa do Mundo de Downhill e nesse ano 2020 das finais de DH e XCO.

Principais competições no Brasil

O cross-country é a modalidade de MTB que mais praticantes tem no Brasil. Dentre as principais estão:

  • Brasil Ride: acontece na Bahia e, em geral, o percurso possui 600 km e uma altimetria de 13 mil metros. Cada dia consiste em 80 a 100 km a serem percorridos. É disputada sempre equipes duplas nas categorias feminino, mista, open, master, grandmaster, nelore, corporativa e iron rider.
  • Copa Internacional de Mountain Bike: é realizado há 24 anos e já percorreu vários estados do Brasil. As categorias são XCO, XCC, XCM e XCT.
  • Taça Brasil de Cross-Country: uma das maiores competições de MTB no Brasil, é realizada em várias etapas. 
  • Suba 100 milhas: também realizado na Bahia, onde os atletas percorrem os inselbergs, formações rochosas muito peculiares na área de Santa Teresinha. Como o próprio nome indica, os ciclistas percorrem 100 milhas, incluindo a Mata Atlântica.

E você está pensando em entrar nesta categoria emocionante? Você está treinando ou já participou de alguma competição? Deixe seu comentário e compartilhe todas as suas experiências!

seguro de bike