Precisando de uma bike versátil, capaz de andar em diferentes terrenos e que ofereça ótima qualidade? A Audax Flanders é uma excelente escolha.

A marca brasileira tem se empenhado em lançar magrelas com ótima construção e equipamentos de qualidade. Mas será que a Audax Flanders é indicada para você? Siga conosco e descubra!

As bikes da Audax são boas?

A Audax é uma marca brasileira que iniciou sua trajetória em 2015. Durante esse período, se tornou sinônimo de bikes excelentes e com ótimos acessórios, com grupos Shimano ou SRAM.

Hoje, a Audax é considerada a melhor fabricante nacional de bicicletas, conquistando o prêmio Guidão de Ouro.

Além de MTB, a Audax conta com bikes speed, gravel, ciclocross e modelos urbanos, com opções de entrada até high end.

Por isso, se você tem receio em investir em uma bike Audax, pode mudar de ideia, porque as magrelas da marca têm muita qualidade, durabilidade e tecnologia, além de design e configurações de ponta.

Ficha técnica da Audax Flanders

A Audax Flanders é uma bike para ciclocross e gravel. Por isso, é polivalente. Pode ser usada em estradões de terra, trilhas leves, speed e também dentro da cidade.

Para quem não conhece, o ciclocross é uma modalidade do ciclismo praticado em trilhas de terra ou estradas. Então, é uma espécie de bike de estrada, mas com uma construção robusta, capaz de aguentar o pedal em pisos irregulares.

O seu nome, Flanders, faz referência a uma cidade belga a qual possui o maior número de praticantes de ciclocross do mundo. Trazendo, justamente, a identidade da bike.

Você encontra dois modelos da Audax Flanders: Audax Flanders Rival 1x e a Audax Flanders 105. Ambas contam com quadro de carbono, mas possuem conjuntos diferentes. Vamos ver em detalhes?

Audax Flanders Rival 1x

As configurações da Audax Flanders Rival 1x são:

  • quadro: Carbon UD Toray T1000;
  • câmbio traseiro: SRAM Rival Medio Cage;
  • corrente: SRAM PC 1130-11v;
  • pedivela: FSA Gossamer – 40D -172,5mm;
  • cassete: SRAM PG1130 11/32 D – 11 v;
  • freio: TRP HY/RD Híbrido + alavancas/ auxiliares tektro TRP com pistão hidráulico;
  • pneus: Continental Cyclocross Race 700 x 35c;
  • peso sem pedal: 8,8kg;
  • grafismo: preto e azul e vermelha;
  • preço médio: R$9.000

Flanders 105

A Flanders 105 é equipada com componentes Shimano e conta com a seguinte configuração:

  • quadro: Carbon UD, Toray T1000;
  • câmbio dianteiro: Shimano 105- 2v;
  • câmbio traseiro: Shimano 105-11v;
  • corrente: Shimano HG701-11v;
  • pedivela: Shimano FC-RS500 46×36 D;
  • cassete: Shimano 105 5800 11/28d- 11v;
  • freio: TRP HY/RD híbrido + alavancas auxiliares Tektro TRP;
  • pneus: Mitas Scylla Sport 700″x35;
  • grafismo: preto e azul;
  • preço: R$12.100

Em alguns casos, também é possível encontrar a Audax Flanders com quadro de alumínio. Por isso, é sempre importante conferir as especificações técnicas antes.

Prós e contras

Ambos os modelos são bikes muito versáteis e bem equipadas. A geometria favorece o uso em múltiplos terrenos.

A principal diferença entre ambas são os grupos usados. Na Rival 1x, temos um grupo SRAM de 11 velocidades, enquanto a Flanders 105 traz uma relação 2×11 com grupo Shimano 105.

Ambos são grupos extremamente confiáveis, com ótima qualidade e desempenho muito parecido. Por isso, a escolha dependerá dos usos que você fará da bike.

A principal diferença entre eles é na usabilidade. No conjunto SRAM, existe só um shifter para a troca de marchas, com a tecnologia Double Tap, já a Shimano conta com 2 alavancas para troca de marchas separadas para cima e para baixo.

Ambas são bikes super confortáveis, ideais para rodar em diferentes terrenos, são leves, têm uma geometria bacana do guidão para uma pilotagem mais agressiva e já contam com pedais de clip (o que não é tão comum nas bikes em geral).

Além disso,a Audax oferece garantia vitalícia para o quadro. Outro destaque é o freio a disco híbrido, que é hidráulico só na pinça de freio e mecânico na parte superior (trocadores). O que evita despesas no caso de quebras e manutenção.

As rodas são Cole, uma marca que acumula vitórias em competições de elite de ciclocross.

Audax Flanders é boa?

Sim, a Audax Flanders é uma excelente bicicleta.

Ela é especialmente indicada para quem deseja uma magrela versátil, que permite rodar tanto em trilhas leves, como estradas.

Os dois modelos contam com grupos de excelente qualidade. Portanto, são ideais para ciclistas mais avançados ou que desejam uma bike bem equipada, para não ter que fazer alterações ao longo do tempo.

O custo é outro ponto favorável, já que ele não é tão alto, considerando todos os pontos que a bike entrega, especialmente a sua versatilidade. Pois, como ela é polivalente, você poderá usar no dia a dia, para transporte na cidade, e em diversos treinos.

Vale lembrar que essa não é uma bike tão rápida, como uma speed tradicional. Afinal, nem é essa a proposta da magrela. Então, se a sua ideia é ter uma bike mais voltada para a velocidade, talvez seja interessante optar por uma speed genuína.

Para quem deseja uma bicicleta com ótima construção e versátil, ou para quem deseja treinar e competir no ciclocross, sem dúvida a Audax Flanders é uma excelente alternativa.

Se a ideia é fazer uma cicloviagem, a Audax Flanders também é uma ótima opção, justamente por sua estrutura versátil. Porém, vale lembrar,que essa não é uma bike de entrada, mas sim para quem já tem certa experiência de pedal, pelo seu custo um pouco mais elevado.

E aí, você já conhecia a Audax Flanders? O que achou dessa bike? Deixe seu comentário pra gente!

seguro de bike