Uncategorized

Upgrades baratos para a bike

A grana está curta, mas você sonha com uma magrela bacana para seus pedais? A melhor forma de conseguir isso é investindo em upgrades baratos para a bike. Existem várias peças e acessórios capazes de transformar sua magrela, sem arrasar com o seu bolso.

Nós separamos as melhores alternativas para potencializar sua bike e transformar o rendimento nos seus pedais – e até a segurança. Confira!

7 melhores upgrades baratos para a bike

Existem várias alterações que você pode fazer na sua magrela, algumas mais caras e outras com menor impacto no bolso, porém que trazem inúmeros benefícios na hora de pedalar. Confira as sugestões que trouxemos.

 

1- Pneus

Imagem

Os pneus fazem toda a diferença na sua performance e precisam estar de acordo com o terreno onde você pedala. Além disso, se você já está usando a bike há um tempo, eles podem estar desgastados. Ou, claro, você pode estar com o pneu que já veio na sua bike, de uma marca duvidosa.

Uma boa sugestão é o Pneu Kenda Booster Pro Aro 29×2.2 – Kevlar. Esse é um pneu testado e aprovado nas provas da Copa do Mundo, sendo um dos mais leves e rápidos do mercado. Ele é indicado para uso em terrenos secos ou molhados e o melhor é que vem com tecnologia TR (Tubeless Race), ou seja, sem câmara de ar.

Para a vedação, o pneu usa uma forma modificada do talão, com a parede lateral muito leve. Em geral, o custo desse pneu é em torno dos R$250-R$300.

2- Guidão

Imagem

Para muitos ciclistas, o guidão parece algo simples, mas ele é capaz de transformar totalmente a sua pilotagem. A dica é procurar por um guidão um pouco maior do que os que costumam equipar as bikes de entrada.

Isso porque, quando ele é um pouco maior, você consegue ter uma pilotagem melhor e com mais conforto – deixando você sempre na posição de ataque. No mercado, é possível encontrar uma infinidade de guidões, variando entre os materiais e os ângulos.

Fique atento, quando for comparar os produtos, no ângulo de back sweep, que interfere totalmente no seu conforto ao pedalar – e também no tamanho da mesa.

Uma opção é o guidão A760 da Session Parts de 760mm. Ele é produzido em Carbon 200, com apenas 298 gramas e back sweep de 9 graus. Esse guidão custa na faixa dos R$250.

3- Kit Tubeless

Imagem

Um kit tubeless é indispensável para quem deseja pedalar com mais tranquilidade. Nada pior do que, no meio do pedal, ter que trocar câmara, perder tempo e ainda atrapalhar todo o restante do grupo. Por isso, ter um kit desse (de qualidade) é indispensável.

Uma ideia bacana é investir no sistema com líquidos, que não adiciona tanto peso na bike e traz segurança. A nossa sugestão é o kit da Solifes.

Você pode comprar o selante Solifes indicado para selar furos de até 6 mm, agindo rapidamente no furo, a válvula tubeless também da Solifes, um modelo em alumínio com medidas entre 40mm a 44mm de comprimento e a fita de aro tubeless Gorilla Tape, da Solifes, com o melhor custo-benefício do mercado, oferecendo resistência e aderência em qualquer superfície.

O mais bacana é que esses itens têm uma alta durabilidade, então o investimento acaba sendo baixo, pelo retorno que ele é capaz de trazer.

4- Freios

Imagem

Impossível falarmos em um pedal seguro com um freio meia boca, certo? E, infelizmente, muitas magrelas mais baratas deixam a desejar nesse quesito. Por isso, um dos upgrades baratos para a bike que você precisa investir é em um freio melhor.

Quem faz trilhas ou está pedalando com mais frequência pode se beneficiar bastante dos freios hidráulicos, que oferecem tecnologia para frenagens seguras e eficientes.

Uma ideia, por exemplo, é o kit Shimano Altus. Esse é um dos mais procurados para bikes urbanas e que funciona muito bem para passeios longos e mini treinos. Você encontra opções a partir de R$550. Se está em busca de algo mais econômico, existem alguns kits interessantes da Absolute, em especial da linha GTS para cima.

5- Selim

Imagem

O selim está diretamente relacionado ao conforto no seu pedal, por isso é um dos upgrades baratos para a bike que você precisa considerar. Não é muito fácil indicarmos selins, já que eles podem variar de pessoa para pessoa. Ou seja, aquele selim que seu amigo adora, pode não ser tão bom para você.

De qualquer forma, os modelos de baixa qualidade causam enorme desconforto e podem deixar seu bumbum em uma posição inglória, até cortando o fluxo sanguíneo e comprimindo vasos e nervos. Além disso, você ficará em uma posição incorreta ao pedalar, o que atrapalha sua performance.

Algumas sugestões (que você precisa experimentar para saber se são interessantes para você): selim vazado Vader, Calypso Soft Point vazado, Atrio BI070 e Selle Royale Absolute Atletic.

6- Mesa ou avanço

A mesa certa traz inúmeros benefícios para o seu pedal, principalmente porque te coloca na melhor posição de pedalada. Além disso, existem estudos que mostram que a redução na altura da mesa é capaz de economizar em resistência aerodinâmica.

Por isso, muitos ciclistas têm investido na chamada mesa negativa, que pode ser usada tanto por quem pedala MTB como Speed.

Porém, essa dica só é válida caso você já tenha uma boa experiência no pedal e esteja em busca de melhor performance.

Quem está começando e deseja ter mais conforto, aí pode optar por uma mesa positiva (que é a mais comum de ser encontrada em qualquer loja de peças de bike). Existem mesas que permitem o ajuste tanto negativo, como positivo, são as chamadas mesas ajustáveis.

A melhor forma de entender qual mesa é indicada para você é fazer um bike fit.

7- Manoplas

Imagem

As manoplas fazem muita diferença em um pedal, pois você estará em contato com elas o tempo todo, da mesma forma que o selim. Então, se o item é de má qualidade, você poderá acabar sentindo dores após pedalar – e até acabar com os braços dormentes e doloridos.

Além disso, uma manopla de qualidade traz mais firmeza e segurança na pegada, fundamental para curvas mais agressivas e trilhas técnicas.

Boas opções são:

  • FOAM (Session Brasil), produzida em EVA, com uma pegada cheia e aderente. A espuma tem memória inteligente e sempre volta à posição original. Conta com anilhas em alumínio anodizado. O custo médio é de R$90
  • Grip V2 Session, com apenas um ponto de trava na anilha, sendo uma opção mais leve. Além disso, é bastante durável. O custo médio é de R$70
  • Manopla de Silicone Shimano Pro, com formato hexagonal, deixando o punho leve o pedal bem confortável. O custo médio é de R$80.

Além desses, é claro, existem outros upgrades baratos para a bike que você pode investir, como o pedal de clip, que ajuda a controlar melhor sua bicicleta e a melhorar o seu desempenho em trilhas ou estradas.

Outra ideia é trocar as coroas e cassete, usando 2, 3 ou apenas 1 coroa. As peças mais modernas usam 1 coroa e 1 cassete com extensão maior, dispensando a necessidade de usar uma coroa na frente. Menos peças trazem menor necessidade de manutenção e redução de peso.

Upgrades ou comprar uma bike nova?

Responder a essa pergunta depende de uma série de características. Se a sua bike de entrada possui uma boa geometria, peso e configurações, apenas necessitando de pequenos ajustes, os upgrades baratos para a bike podem ser boas alternativas.

Mas se para deixar a sua bike ideal para o pedal, você precisará praticamente trocar tudo nela (ou investir em upgrades mais caros e substanciais), a dica é trocar de magrela. Nesse caso, vale a pena buscar uma bike usada, com as configurações que você precisa e um custo mais acessível.

E aí, curtiu nossas sugestões de upgrades baratos para a bike? Aproveite e confira o vídeo no nosso canal explicando os riscos de investir em uma bike usada – e como garantir uma compra segura!

Artigos relacionados
Uncategorized

Entre trilhas e companheirismo: a essência da cultura MTB

O mountain bike não é apenas um esporte; é um estilo de vida que celebra a liberdade, a aventura…
Leia mais
Uncategorized

Dor no ombro em ciclistas: conheça as principais causas, tratamentos e prevenções

Seja em trilhas desafiadoras de mountain bike ou percorrendo longas distâncias na estrada, a dor no…
Leia mais
Manutenção de bikePasso a passoUncategorized

Como colocar freio a disco na bicicleta aro 26

Quando se trata de segurança e desempenho na bicicleta, poucos componentes são tão cruciais…
Leia mais
Newsletter
Receba  novidades  do Bike Registrada

Receba toda semana matérias  e novidades do Bike Registrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?