ComponentesManutenção de bike

Conheça os principais tipos de aro de bicicleta

Na hora de comprar uma bike nova, acabamos sempre focando no material do quadro, em todo o sistema de transmissão, freios e até na estética. Mas, normalmente o aro, deixamos em segundo plano. Obviamente que esta prática não é boa, pois existem uma variedade de tipos de aro de bicicleta e cada um deles, ajudam o ciclista a alcançar um resultado diferente.

Aliás, quem acompanha o blog da Bike Registrada, já sabe bem que não existe uma parte mais ou menos importante em uma bicicleta. Até porque, uma bike é constituída de todo um conjunto de componentes, onde cada um possui uma relevância. Por isso, entender bem quais os tipos de aro de bicicleta e a funcionalidade de cada um, faz toda a diferença na hora de encarar de fato o pedal.

 

Aro de bicicleta: para que serve?

O círculo do aro é o próprio conceito do que é uma roda. Juntamente com os raios, os pneus e as câmaras, os aros fazem parte do sistema de tração de uma bike. É ele quem oferece a estabilidade necessária para a composição de toda a estrutura que constitui a roda, sendo capaz de suportar todo o peso do corpo do ciclista.

Apesar de existirem diferentes tipos de aros de bicicleta, todos eles devem possuir as seguintes características:

  • Oferecer resistência às tensões internas;
  • Proporcionar resistência aos impactos;
  • Amortecer as vibrações;
  • Ter a capacidade de refrigerar após uma frenagem;
  •  Resistir à corrosão atmosférica, sem oxidar ou enferrujar.

A importância de escolher o aro mais apropriado

Tem quem pense que o que faz a diferença na hora de escolher o aro mais apropriado é o tipo de material ou o diâmetro dele. Como vocês poderão conferir no decorrer deste artigo, não é bem assim que funciona.

A escolha do aro de bicicleta mais apropriado deve seguir uma outra lógica, a da utilização. Qual a sua utilização? O seu tipo de pedal? O seu objetivo na modalidade? A partir destas perguntas, será mais fácil encontrar os aros mais adequados para a sua bicicleta, aumentando o conforto e, consequentemente, o desempenho.

Tipos de aro de bicicleta

O mercado de ciclismo está repleto de aros produzidos com os mais diferentes tipos de matérias primas. E cada dia mais, chega uma novidade. Mas, já adiantamos a vocês que o material perfeito não existe. Isso mesmo! O que realmente há é o material mais apropriado para o seu estilo de pedal. Conheça bem quais são os tipos de aro de bicicleta e a funcionalidade de cada um deles:

Aro de aço

aro de bicicleta
Imagem: Pinterest

Antigamente, o aço era o material mais popular na produção de aros de bikes. Hoje em dia, percebemos que o cenário está mudando, mas ainda é possível encontrá-lo nas bikes de entrada.

Seus principais benefícios são dois: a durabilidade e o preço baixo. Ele é a escolha mais indicada para quem está começando a dar as primeiras pedaladas no ciclismo.

Por ser um material mais pesado, a sua utilização é recomendada para ambientes urbanos ou mesmo em trilhas leves, onde não seja exigida uma performance elevada. Além disso, ele possui um grande potencial de enferrujar, por isso o cuidado com ele deve ser redobrado.

ARO DE FIBRA DE CARBONO

aro de bicicleta
Imagem: Pinterest

É um material nobre e muito presente nas bikes speed, onde cada grama conta. São muito leves, se comparado com os outros elementos. Por isso, ele está no topo dos elementos mais procurados e é o queridinho dos atletas de elite.

Seu formato pode ser arredondado, aero, achatado ou até mesmo fechado. Pode ser utilizado em treinos e competições das mais elevadas.

Em contrapartida, eles precisam de uma atenção especial em caso de chuva, pois a superfície de frenagem é afetada pela água. Além disso, se sofrerem alguma queda significativa podem rachar. Nesse caso, não existe nenhum tipo de conserto.

Aro de alumínio

aro de bicicleta
Imagem: Pinterest

A grande maioria das bicicletas do mundo são equipadas com aros de alumínio, pois são resistentes, leves, seguros contra a oxidação atmosférica e têm uma longa vida útil.

O formato aero auxilia na velocidade, por isso são bem indicados para freios com respostas mais firmes.

Bem flexível, ele é ideal para aquele pedal mais agressivo, em terrenos bem acidentados e exigentes. Em relação ao custo benefício ele leva sempre vantagem, pois apresenta um bom equilíbrio entre preço e rendimento

Diferentes diâmetros de aros

Para conseguir comprar os aros do tamanho mais adequado para o quadro da nossa bicicleta é necessário compreender, mesmo que minimamente, como funciona o universo das dimensões de aros. Aliás, a recomendação sempre é esta: antes de fechar negócio, o ciclista deve pedalar no aro, para sentir se a estrutura está de acordo com a sua altura. Vamos lá para a explicação!

Aro 20’’: Recomendado para crianças ou adultos ciclistas que possuam uma estrutura física de até 1,45m e o peso corpóreo mais leve.

Aro 24”: Pensado para crianças, adolescentes e adultos ciclistas que estejam com a altura entre 1,35 m e 1,55m.

Aro 26’’: Este é o modelo mais padrão. Pode ser utilizado por pessoas com diferentes estruturas corpóreas. É resistente e responde bem às exigências de terrenos urbanos ou de terra.

Aro 27,5’’: Estabilidade e tração são as palavras-chaves para este tipo de diâmetro. Por isso, ele é bem utilizado por ciclistas dentro das modalidades de MTB XC, Enduro e

aro de bicicleta
Imagem: Pinterest

Aro 29’’: Na lista dos aros profissionais, o 29” é ideal para quem busca alta velocidade na hora do pedal. Ele exige um freio dinâmico, para atender bem a sua performance.

Aro 700: Normalmente ele é bem híbrido e se adapta conforme a roda e a câmara utilizada. Desenvolvido para auxiliar no ganho de velocidade, sua largura interna é bem estreita e oferece pouco peso .

Modelos especiais

Conheça alguns modelos diferenciados de tipos de aros de bicicleta. Eles são personalizados e não estão disponíveis facilmente para o público comum, porém, vale a pena conferir o funcionamento de cada um:

Liga leve

Fazendo uso do alumínio e do silício, o aro de liga leve oferece o que o próprio nome já diz: leveza. Ele é bastante encontrado no mundo do automobilismo, mas se encaixa perfeitamente no universo do ciclismo, já que proporciona rapidez e muito conforto no momento do pedal.

Magnésio

Há quem diga que o magnésio é o material do futuro. Ele é forte como o aço e mais leve que a fibra de carbono. Por enquanto, continua sendo um material de nicho específico, utilizado por atletas de elite.

Raio personalizado

Usado por quem busca uma maior estabilidade e firmeza no pedal, o raio personalizado normalmente utiliza 32 ou 36 esferas. Com a sua utilização, a bike suporta melhor o impacto do solo e aguenta mais facilmente o peso do corpo de quem pedala.

Como fazer uma manutenção eficaz?

Primeiro de tudo é imprescindível não deixar a bicicleta exposta diretamente ao sol. Os raios solares acabam ressecando o pneu e também outras estruturas, fazendo com que, o próprio aro se torne menos resistente aos impactos do solo. Isso pode até ocasionar uma torção da estrutura do aro e a necessidade frequente do serviço de alinhamento.

Outro fator importante é a limpeza dos aros. Claro que, após um passeio em meio a natureza, é natural que eles fiquem sujos. Mas, assim que chegar em casa, lave e seque eles. A exposição deles frequentemente com a água, pode danificar a estrutura, ainda mais se o material utilizado na fabricação for o aço.

Dicas para uma compra consciente

Não é todo dia que adquirimos um carro de bicicleta, por isso vale a pena seguir algumas dicas para ajudar na hora da compra. Não se deixe levar pelas promessas da publicidade dos fabricantes. Analise, estude e compare bem antes de investir.

Opte também pela qualidade, não tente economizar. Outro fator importante é focar primeiro na funcionalidade e não na leveza. Dentre os diferentes tipos de aros de bicicleta, uma boa escolha pode durar uma vida inteira. Pense nisso!

Que tal ficar por dentro das principais novidades do mundo do ciclismo? Assine a nossa newsletter e receba uma seleção de artigos interessantes toda a semana no seu e-mail!

Artigos relacionados
Componentes

Guia completo do pedal para MTB

No universo do mountain bike, a escolha do pedal certo pode transformar completamente a sua…
Leia mais
Manutenção de bikeModelos de bicicletasSaúde e bem-estar

Conheça a handbike, bicicleta adaptada para cadeirantes

Pedalar ou “mãodalar”? Esta segunda opção fica a cargo da handbike, a bike adaptada para…
Leia mais
Componentes

Tudo o que você precisa saber sobre corrente para MTB

Escolher a corrente certa para sua mountain bike (MTB) é crucial para garantir uma performance…
Leia mais
Newsletter
Receba  novidades  do Bike Registrada

Receba toda semana matérias  e novidades do Bike Registrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?