Manutenção de bike

O que é pneu clincher?

O desempenho, a segurança e o conforto da sua bicicleta dependem de quais pneus são utilizados. Mas, com tantas opções no mercado, fica difícil escolher qual pneu realmente vale a pena investir. Por isso, indo mais a fundo da clássica combinação de borracha e câmara, vamos descobrir tudo sobre o pneu clincher.

Já ouviu falar sobre ele? Realmente o nome clincher não é tão popular quanto o seu uso, pois é uma denominação internacional para o modelo. É que os pneus de bike diferem não só pela sua largura diferente, peso ou dimensão, mas também pelo seu tipo de montagem. O clincher, por exemplo, é conhecido também como pneu rígido.  

Para se aprofundar no assunto, vamos explicar detalhadamente o que é o pneu clincher e quais os pontos vantajosos do seu uso. Além disso, falaremos sobre a diferença entre ele e outros pneus constituídos de diferentes materiais. Continue a leitura! 

Pneu clincher: o que é? 

Conhecido por ser o sistema mais popular em todos os tipos comuns de bicicletas, o pneu clincher possui a simplicidade necessária para uma bike. Necessariamente, esse tipo de pneu utiliza de uma câmara interna, o que ajuda e muito na hora de pequenos reparos. No entanto, acabam sendo mais pesados por conta da concentração de todo esse ar. 

Eles possuem uma borda que ajuda a segurar a câmara de ar interna junto ao pneu. Aliás, o clincher é fixado firmemente à borda da roda por meio de alguns anéis de aço fortes, por isso é rígido.  

Pontos positivos e negativos de um pneu clincher

Escolher de maneira errada qual pneu utilizar, pode comprometer totalmente o seu desempenho durante o pedal. Como todo e qualquer produto, o uso do pneu clincher também possui vantagens e desvantagens. Preparamos uma análise completa para você saber se ele é recomendado ou não para o seu estilo de pedal: 

Pontos positivos do pneu clincher

Por ser considerado um pneu popular, suas principais vantagens estão na facilidade em encontrar produtos para a manutenção. Além disso, a fácil instalação também é um destaque, já que é possível fazer uma troca de maneira bem rápida. 

Em caso de furo na estrada, o reparo é simples e sem grandes complicações. No quesito preço, os pontos são bem positivos, pois o pneu clincher costuma ser o mais em conta.

Pontos negativos do pneu clincher

A desvantagem de ter um pneu clincher é que ele não se adapta a diferentes lugares. Ele pode ser sim utilizado em estrada, mas a probabilidade de dar problemas em um terreno comum, é grande. 

Principalmente no que se refere a proteção contra furos. A utilização de materiais não rígidos, como fibra altamente flexível, impede a entrada de corpos estranhos na carcaça e na câmara de ar.

Outros pneus disponíveis no mercado, com diferentes sistemas, são mais leves e mais rápidos. Os pneus dobráveis, os pneus sem câmara de ar e os pneus tubulares acabam sendo os mais adequados para o uso esportivo. Porém, são também mais caros. 

Pneu clincher vs pneu tubular: qual o melhor?

Pneu clincher vs pneu tubular

Agora que você já conhece um pouco sobre o funcionamento do clincher, vamos falar de outro. Chegou a hora de comparar ele com um outro queridinho do mercado, o tubular. Mas antes fica um recado: nem sempre o melhor equipamento será o que trará a você o melhor benefício. E, consequentemente, a melhor performance. Isso é muito relativo e de acordo com a sua expectativa.

Nos pneus tubulares, a câmara de ar é incorporada no seu interior, oferecendo um aro mais simples e mais leve. Isso ajuda muito no baixo peso rotacional, oferece um cenário perfeito para quem busca mais velocidade. 

Baixo peso, velocidade e adaptação natural a pressões extremas, são apenas algumas das vantagens dos tubulares. Na verdade, em caso de perfuração, a pressão do ar é bem mantida dentro da câmara, permitindo que você continue pedalando. O que realmente não acontece em casos de furos maiores. 

A substituição de uma roda com pneu tubular não é rápida. Eles acabam sendo muito demorados de montar, o que faz com que eles não possam ser consertados na estrada. 

Ao contrário do pneu clincher. Como o desenvolvimento técnico dele tem melhorado muito durante os últimos anos, ele continua sendo muito recomendado. Considerado mais prático, versátil e com uma manutenção acessível, ele ainda faz parte da preferência de muitos ciclistas.

Para quem possui apenas um par de rodas, a escolha de um pneu clincher é sempre uma boa, já que ele pode ser utilizado tanto em treinos, quanto em competições. 

Se o objetivo é investir em um segundo par, aí sim é recomendado comprar uma versão de pneu tubular. Para ser utilizado em competições, onde a velocidade é a atração principal, o tubular irá corresponder bem as necessidades do ciclista. 

Vale a pena ou não escolher pelo pneu clincher

Deixamos aqui uma dica muito válida na hora de escolher o pneu para a sua bike. Para saber se o pneu clincher vai ser ou não um bom companheiro para a sua magrela, é preciso levar em consideração alguns pontos.

O tipo de terreno onde você habitualmente vai pedalar. Isso interfere e muito em uma decisão de compra, já que terrenos mais tranquilos e com uma boa pavimentação não exige tanto dos pneus. 

A própria largura do pneu escolhido deve ser analisada, pois a mudança de milímetros oferece diferentes sensações. Estamos falando de conforto, estabilidade e segurança, que são considerações que diferem entre ciclistas. 

Pouco se fala, mas indicações de calibragem pelo próprio fabricante também interferem. A pressão mais alta ou mesmo a baixa, exige distintos esforços e proporcionam experiências completamente diferentes. 

Porém, uma coisa é certa: o equilíbrio certo entre um bom desempenho e resistência à perfuração deve ser encontrado pelo próprio ciclista. É que isso depende muito do estilo de uso da bike e das preferências pessoais de cada um. 

Está pensando em investir no pneu clincher? Então coloque também na lista um seguro para a sua bicicleta. Assim, você poderá pedalar tranquilamente durante os treinos, com a garantia que apenas o seguro Bike Registrada oferece. Faça agora mesmo uma simulação e veja como ele cabe bem no seu orçamento!

Imagens: Viktor Bystrov e Ricardo Soria (Unsplash)

Artigos relacionados
Manutenção de bike

Elevando o nível: como customizar e fazer upgrades na sua bicicleta de MTB

A personalização e os upgrades em bicicletas de Mountain Bike (MTB) não são apenas uma questão…
Leia mais
Manutenção de bike

Upgrade na Bike: montando um kit completo de marcha para bicicleta

Fazer um upgrade no kit de marcha de sua bicicleta não é apenas uma questão de luxo; é uma…
Leia mais
Manutenção de bike

Pedalando com eficiência: a importância da calibragem no aro 29

Você sabia que a calibragem dos pneus da sua bike pode ser o grande segredo para uma pedalada mais…
Leia mais
Newsletter
Receba  novidades  do Bike Registrada

Receba toda semana matérias  e novidades do Bike Registrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?