Manutenção de bikeRoupas e Acessórios

6 melhores jaquetas corta vento para ciclismo

Peça fundamental no guarda roupas de qualquer ciclista, as jaquetas corta vento são extremamente funcionais. Por conta da tecnologia desenvolvida na composição do seu tecido, elas garantem a temperatura corporal de quem pedala, mesmo durante os dias frios e com mais ventos.

Acontece que, muitos ciclistas, desconhecem o benefício do seu uso e acabam evitando pedalar durante as estações chuvosas e com baixas temperaturas. É realmente muito frustrante ter que parar os treinos por conta das condições climáticas.

Para ajudar a acabar com isso, vamos explicar direitinho como funcionam as jaquetas corta vento, as melhores marcas e os principais modelos disponíveis no mercado.

 

Entenda a funcionalidade das jaquetas corta vento no ciclismo

As jaquetas corta vento, mesmo os modelos mais básicos, são produzidas com o que há de mais tecnológico no que diz respeito à confecção de roupas para ciclismo. Estes tecidos possuem tratamentos, capazes de manter uma boa temperatura corpórea durante a execução dos exercícios.

Ao contrário de um moletom ou um blusão em tecido mais esportivo, como o tactel, que fazem o corpo suar, as jaquetas corta vento são leves e finas. Elas não retém a transpiração e ajudam o corpo a permanecer seco, mesmo durante a pedalada. Geralmente estes tecidos possuem microfuros que auxiliam no sistema de respiro. Ela ajuda a:

  • evitar problemas de saúde por conta do vento gelado direto no peito;
  • propicia uma sensação de conforto e bem-estar, mesmo com a queda de temperatura;
  • proporciona um contínuo rendimento, já que o ciclista não precisa parar seus treinos por conta do tempo ruim.

Os modelos mais comuns, possuem um emborrachado no peito, capaz de bloquear o vento frio que surge em altas velocidades. Alguns deles também são impermeáveis e evitam que o ciclista se molhe durante a prática, evitando um desconforto e um possível resfriado.

Itens de segurança são bem importantes, prefira as jaquetas corta vento que contenham detalhes que refletem na parte traseira. Ela pode ser importante durante as pedaladas noturnas. É uma boa conferir também se o zíper vai realmente até o pescoço, garantindo que o vento não entre nos ombros.

Tipos de tecido

Naturalmente o algodão é um excelente material e perfeito para muitos usos. Porém, neste caso não é recomendado devido à sua peculiaridade, que consiste em poder absorver o suor, mas, não expulsá-lo para fora, causando o efeito úmido.

Já os tecidos sintéticos atendem melhor a essa necessidade. Graças às inovações tecnológicas, como o poliamida, o poliéster e o elastano, passaram a fazer parte dos componentes do vestuário técnico. Esse é um material capaz de oferecer respirabilidade, conforto e o melhor clima para a pele em qualquer estação ou temperatura.

6 Melhores jaquetas corta vento para ciclismo

Poder pedalar em todas as condições meteorológicas é uma liberdade que somente as jaquetas corta vento podem oferecer a um ciclista. Por isso é importante possuir o vestuário técnico adequado, que seja capaz de manter a temperatura corpórea corretamente e ao mesmo tempo ser respirável durante toda a prática.

Veja a lista com os principais modelos do mercado e escolha o que é mais interessante para você e o seu estilo de pedal:

1 – LYNCE – JAQUETA CORTA VENTO BLACK TITANIUM

LYNCE - JAQUETA CORTA VENTO BLACK TITANIUM
 

Fabricada em poliamida e elastano, a jaqueta da Lynce possui as laterais mais elásticas. Ela tem mangas com elástico para evitar que os punhos fiquem subindo. É impermeável e pouco volumosa. Pode ser dobrada e guardada no bolso.

Nas costas, possui detalhes refletivos e seu zíper é YKK, uma tecnologia de fechamento onde o ciclista pode abrir apenas com uma mão. Disponível do modelo P ao 3G. Este modelo possui também a versão feminina, com as mesmas especificações.

Peso: 180 gramas
Preço Médio: R$ 269,90

2 – MARCIO MAY – JAQUETA CORTA VENTO 4 WAY REFLEX

MARCIO MAY - JAQUETA CORTA VENTO 4 WAY REFLEX
 

O modelo 4 Way da marca Marcio May é ideal para quem quer pedalar a qualquer momento, mesmo nos treinos noturnos. Isso acontece pois o tecido possui o tratamento Reflex de alta visibilidade, que possibilita ser visto mesmo em longas distâncias e no escuro. Produzido em poliamida Santaconstancia 4 Way, ela é impermeável e se ajusta ao corpo conforme a movimentação natural.

Ela possui uma modelagem anatômica, inspirada na posição do ciclista na bike. Seu design é mais alongado nas costas, oferecendo um maior conforto. Ela também conta com o tratamento UV contra raios solares e possui bolso lateral com zíper, o que evita o contato com água ou mesmo quedas.

Peso: 250 gramas
Preço Médio: R$ 319,90

3 – FREEFORCE – JAQUETA CORTA VENTO FEMININA SPORT

FREEFORCE - JAQUETA CORTA VENTO FEMININA SPORT
 

Oferecendo as mulheres uma modelagem comfort, a jaqueta da Freeforce é fabricada em poliéster, leve e macio. Indicada para os dias mais frios com ventos fortes, ela possui refletivos na parte traseira. Seus bolsos são internos e possuem a função de embasamento da jaqueta, fazendo com que ela fique bem compacta ao carregar.

Marca brasileira, a Freeforce trabalha atendendo ciclistas que buscam roupas de alta tecnologia, mas também confortáveis e bonitas.

Peso: 130 gramas
Preço médio: R$ 339,90

4 – MAURO RIBEIRO – JAQUETA HIGH PERFORMANCE

MAURO RIBEIRO - JAQUETA HIGH PERFORMANCE
 

Proporcionando um perfeito ajuste no corpo, o modelo High Performance do Mauro Ribeiro apresenta pontos estratégicos de compressão que auxiliam na diminuição do cansaço muscular. Sua composição é de 83% poliamida e 17% elastano. A gola é alta e o acabamento nas mangas é no formato Thumb Loop, que impede a passagem do ar.

O tecido possui propriedades bacteriostáticas, que ajudam a impedir a proliferação das baterias e controle de odores. Ele conta com bloqueio de UV e possui refletivos na área dos bolsos. Seu design ergonômico foi desenvolvido em parceria com a To The Fit, empresa francesa especializada no assunto.

Peso: 276 gramas
Preço médio: R$ 339,90

5 – VAN RYSEL – JAQUETA CORTA VENTO ULTRALIGHT

AN RYSEL - JAQUETA CORTA VENTO ULTRALIGHT
 

Impermeável e resistente a uma pressão de 2000 mm de água, a jaqueta corta centro da Van Rysel é fabricada com tecido respirável, que ajuda a ventilar debaixo dos braços e nas costas. Pertencente à linha de ciclismo de estrada da Decathlon, ela foi projetada para proteger do frio e do vento gelado. Sua costura é estanque. Compacta, pode ser dobrada e introduzida no próprio bolso interior. Disponível nas cores branco e preto.

Peso: 140 gramas
Preço médio: R$ 299,90

6 – LEATT – JAQUETA CORTA VENTO TRAIL 3.0

LEATT - JAQUETA CORTA VENTO TRAIL 3.0
 

Tipo de investimento que vale a pena, a jaqueta da Leatt conta com um painel frontal que serve como uma camada de isolamento térmico. Ela oferece conforto superior para os pedais nas condições climáticas mais críticas. Nas costas, ele está equipado também com painéis respiráveis, que ajudam a manter a temperatura interna do corpo.

Composta por materiais ultraleves, ela possui a tecnologia Ride Adaptive Hood, oferecendo a possibilidade de usar o capuz por cima do capacete da bike. O tecido poliéster é tratado contra frio, umidade e sujeira. As costas são alongadas para evitar exposição do corpo ao sentar. Disponível na cor preta, deserto e malbec.

Peso: Não divulgado
Preço médio: R$ 899,00

Dicas para escolher as melhores jaquetas corta vento

Preparamos uma série de recomendações que valem a pena levar em conta na hora de investir nas jaquetas corta vento. Confira abaixo:

  • Escolha um modelo que seja leve e fácil de carregar durante a prática. Claro que o ideal é sempre verificar a previsão do tempo antes de sair de casa, mas uma jaqueta que não seja volumosa, pode ajudar nestes casos.
  • A jaqueta de ciclismo não deve ser muito apertada e nem muito larga, para não criar problemas durante a pedalada e facilitar a aerodinâmica.
  • Existem vários tipos de jaquetas corta ventos para todos os bolsos. Não é essencial gastar demais, mas é bom evitar modelos muito simples, que podem ter pouca utilidade e se mostrarem totalmente ineficazes.
  • Uma cor chamativa pode não agradar a todos, mas ela oferece vantagens significativas em termos de visibilidade , principalmente em caso de mau tempo.
  • Em um país com dimensões continentais como o nosso Brasil, sabemos que o outono e o inverno nas cidades do sul costumam ser bem rigorosos. Leve em consideração as temperaturas da sua região. Prefira modelos que deem uma boa resposta também ao clima típico local.

E, por fim, opte por Lavar a jaqueta à mão, virando a peça do avesso, para que nenhum refletivo possa ser danificado. O ideal é utilizar apenas um pouco de detergente e não acrescentar o amaciante. Deixe secar em área aberta e ventilada.

Quais das jaquetas corta vento vocês mais ficaram interessados? Compartilhe com a gente aqui nos comentários a sua opinião!

Artigos relacionados
Manutenção de bike

Diagnóstico de ruídos comuns na bicicleta: guia completo

Pedalar é uma atividade prazerosa, mas nada pode ser mais irritante do que ruídos indesejados…
Leia mais
ComponentesManutenção de bike

Guia completo de discos de freio a disco para bicicletas: tudo o que você precisa saber

Os discos de freio a disco transformaram a forma como ciclistas de todas as modalidades controlam…
Leia mais
Manutenção de bikePasso a passoUncategorized

Como colocar freio a disco na bicicleta aro 26

Quando se trata de segurança e desempenho na bicicleta, poucos componentes são tão cruciais…
Leia mais
Newsletter
Receba  novidades  do Bike Registrada

Receba toda semana matérias  e novidades do Bike Registrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?