Entrar no mundo das duas rodas é começar um caminho onde descobrimos cada vez mais e mais acessórios, roupas e tecnologias para ajudar na nossa pedalada. Isso é devido à quantidade de modalidades e formas de andar de bicicleta que existem. E, para algumas delas, é preciso contar com alforjes para bike.

Contudo, antes de adquirir esse acessório, é bom conhecer um pouco mais e descobrir se realmente vale a pena para nossa prática, ou seja, se efetivamente faremos uso ou será uma compra do momento que depois será esquecida.

Se você estiver pensando em comprar alforjes para bike, ou quer saber se podem ser úteis na sua pedalada, então não perca esse post!

Imagem de capa: trekbikes.com

O que são os alforjes para bike?

Os alforjes para bike são uns dos acessórios mais utilizados pelos ciclistas que percorrem longas distâncias. São uns tipos de bolsas que podem ser anexados à bicicleta e facilitam o armazenamento, transporte e manuseio de objetos antes, durante e depois da pedalada.

É muito comum ver alforjes nas bikes dos ciclistas que praticam cicloturismo, como no Caminho de Santiago, por exemplo, que é um percurso de vários dias. Inclusive, a tecnologia na melhora dos materiais permite hoje contar com produtos impermeáveis e muito resistentes.

Alforjes para bike: será que são pra mim?

Para responder essa pergunta, falaremos alguns dos principais pontos positivos e negativos dos alforjes para bike. Você poderá tirar facilmente suas próprias conclusões.

Pontos positivos

  • São ótimos para viagens longas e cicloturismo.
  • Alguns modelos são impermeáveis. Outros possuem grande capacidade de armazenamento, onde podemos transportar comida, acessórios para acampar, produtos de higiene e muito mais.
  • Existem alforjes disponíveis no mercado de todo tipo e uma grande variedade de preços.
  • Fácil instalação e fixação na bike.
  • Não é preciso ser um ciclista profissional para começar usar os alforjes para bike e fazer uma viagem de cicloturismo.

Pontos negativos

  • Esqueça de usar alforjes caso for fazer MTB ou alguma modalidade que implique manobras ou velocidade.
  • Dependendo do peso das coisas que armazenaremos, podem causar um desequilíbrio na bike. Dessa forma, podem dificultar o controle ou provocar danos nos raios ou nos pneus.
  • Se os alforjes não forem de boa qualidade, podem rasgar ou deixar passar água e molhar o conteúdo.
  • Caso a pedalada for consideravelmente longa, é preciso contar com uma boa condição física, devido ao peso e das possíveis dificuldades do caminho.
alforges para bike
Crédito: decathlon.com.br

 

Como escolher alforjes para bike?

Definitivamente está precisando de alforjes para sua bike? Então vamos falar de algumas das principais características para escolher o seu!

Materiais

Podemos encontrar alforjes para bikes fabricados com vários tipos de tecidos. Os mais comuns são:

Cordura

O náilon é o material base para fabricar diversos acessórios como mochilas, malas ou bolsas e, também, alforjes para bikes. Existe um material parecido com o náilon, chamado Cordura, amplamente utilizado na confecção de alforjes principalmente pela sua resistência.

Trata-se de um tecido pesado e rígido, resistente ao calor, a abrasão e o desgaste. Sem dúvidas, é um produto que durará muitos anos.

Esse material pode ou não ser impermeável, portanto, é bom ter isso presente e perguntar antes de adquiri-lo.

Vinil

Você também pode encontrar esse material com o nome de lona ou PVC. É muito espesso e tem aparência de plástico, mas também é muito resistente. Suporta altas temperaturas, exposição solar prolongada e, inclusive, pode ter algum tratamento para prevenir aparição e proliferação de fungos.

Vale a pena destacar que o vinil na real é uma camada que cobre outro material base, como o náilon, por um processo conhecido como laminação. 

Da mesma forma que com o material Cordura, é preciso perguntar se é impermeável ou não. Naturalmente, o vinil não é a prova d’água, e precisa de um tratamento especial para isso.

Ripstop

Mais do que um material é uma técnica de confecção de tecidos também conhecida como antirrasgo. Dessa forma, se o tecido é furado, a forma com a que é fabricada impede que o furo fique maior, graças às costuras geométricas.

Sua popularidade faz com que se encontre facilmente em todo tipo de accessórios de armazenamento e transporte de objetos.

Capacidade

O seguinte ponto importante é a capacidade, que é medida em litros, da mesma forma que as mochilas.

Para viagens curtas ou pedaladas na cidade, alforjes de tamanhos menores, como 12 litros no máximo, darão conta da necessidade. Caso viajemos por períodos de 3 dias ou mais, o melhor é adquirir alforjes com capacidade a partir de 20 litros.

Inclusive existem alforjes com capacidade de 60 litros, por exemplo. Ou seja, a capacidade para sair de mochilão. No entanto, como falamos, um alforge muito grande pode afetar o equilíbrio e a experiência da pedalada. 

Como são calculados os litros?

Simples. Basta com multiplicar a largura, altura e comprimento em centímetros, e dividir o resultado (que são centímetros cúbicos) por 1000.

Exemplo: 40cm (comprimento) x 25cm (largura) x 50cm (altura) = 50000cm³ / 1000 = 50 litros.

Fixação

Também chamada de encaixe, é a maneira como os alforjes para bike são fixados no bagageiro. Basicamente existem duas formas, mas mesmo assim é preciso conferir bem se o alforge encaixará no nosso bagageiro. Isto é assim porque alguns accessórios só encaixam em alguns modelos e marcas em específico. 

Fixação por engate rápido

Esse sistema de fixação está disponível na maioria dos alforjes pela sua facilidade de uso e compatibilidade com a maioria dos bagageiros padrão do mercado. Em geral, é fabricado com plásticos de alta densidade.

O problema do plástico é que está mais exposto a quebras e desgastes. Portanto, se você encontra algum que seja de aço, por exemplo, é melhor, porém pode ser mais caro.

Uma vantagem de este tipo de fixação é que permite utilizar os alforjes individualmente, a diferença dos alforjes de fixação por sobreposição. 

Fixação por sobreposição

Muitos alforjes são duplos ou 3 em 1, ou seja, estão unidos na parte do meio (que vai apoiada no bagageiro) e ficam aos lados, ou dois aos lados e um por cima. Alguns deles podem separar-se para ser usados individualmente, mas a maioria não. Essa é a fixação por sobreposição.

Normalmente é um sistema resistente e confiável, mais recomendado para longas pedaladas. Não obstante, como mencionamos, dificilmente encontrará algum modelo que permita usar os alforjes separadamente.

Como vimos, os alforjes para bike são uma ótima escolha para quem gosta de acampar ou fazer percursos que requerem vários dias na estrada. Se gostou desse post, então siga a gente nas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades do nosso blog!

seguro de bike