Para uma marca conseguir ganhar a confiança do público nacional é preciso que ela realmente tenha qualidade e ofereça um ótimo custo-benefício. Por isso, não é à toa que a Absolute Bikes tem conquistado seu espaço no mercado de sapatilhas, principalmente com o modelo Absolute Wild. 

Desenvolvido para ciclistas masculinos, o modelo Absolute Wild possui características específicas que podem agradar ou não o usuário. Escolher sapatilhas que não sejam adequadas às suas necessidades pode resultar em prejuízo financeiro, pois logo nas primeiras saídas corre o risco de não querer mais usar. 

Por este motivo, neste artigo vamos analisar os aspectos mais importantes a serem avaliados na hora de comprar a sapatilha. Quais as principais vantagens em comprar uma Absolute Wild e quais os seus pontos negativos? Nosso intuito é direcionar você para uma compra consciente! 

Pontos a serem avaliados no momento da compra

Nem todo mundo dá a devida importância para a escolha do calçado na hora da pedalada. O uso de uma sapatilha específica é um dos componentes mais valiosos da pedalada, pois ela interfere diretamente no sucesso de uma performance. Além disso, ela garante maior segurança ao ciclista, impedindo que o pé se solte do pedal. 

Rigidez, leveza, sistema de fechamento. Estes são apenas alguns dos elementos que devem ser levados em conta na hora de comprar uma sapatilha para pedalar. 

Absolute Wild: especificações do modelo 

Atualmente, no mundo do ciclismo, a sapatilha Absolute Wild tem representado bem os ciclistas que buscam uma performance acima da média, sem precisar investir tanto em equipamentos. O grande diferencial dela sem dúvidas é a fivela com micro ajuste. É ela quem dá a sustentação no pé e garante uma ótima pedalada. Conheça mais algumas características do produto:  

Modalidade: Road, speed e estrada.

Sistema de ajuste: o fechamento deste modelo é realizado de duas formas. Além do duplo velcro, ele conta com uma fivela micro ajustável de liberação rápida. Fornece uma compressão firme e exata aos pés. 

Palmilha: produzida com EVA micro perfurado, a palmilha oferece um solado confortável, se adaptando perfeitamente a anatomia dos pés. Não é ortopédica e sim uma palmilha comum, que pode ser removida para a limpeza. 

Pedais: O modelo Absolute Wild é compatível com diversos tipos de pedais presentes no mercado. Não acompanha os tacos.

sapatilha absolute wild
Foto: Reprodução | Absolute Bike

Solado: produzido com dupla composição, entre o nylon e polímero termoplástico. Ele proporciona uma maior aderência dos pés no solo e uma transferência mais potente para os pedais. É reforçada com dois rebites na ponta. Tem entrada das travas, ajudando o ciclista em diferentes superfícies, piso, barro ou até mesmo cascalho solto.  

Parte superior: produzido com couro sintético e outras partes com outros revestimentos em tecido telado, ajudando na ventilação.

Parte interna: possui uma forração interna com espuma. Mesmo sendo de material sintético, que costuma reter o calor, a sapatilha possui um excelente sistema de ventilação, com entradas e saídas de ar. Seu gerenciamento de umidade absorve e libera rapidamente o suor dos pés. 

Travas: o calçado possui nas pontas do pé um espaço extra para travas. Com elas, o objetivo é auxiliar o ciclista em locais de difícil acesso, solos íngremes ou com muita lama. 

Acabamento: o nível de acabamento é muito bem feito, mesmo não sendo costurado. Esteticamente possui uma ótima apresentação com elementos foscos e brilhantes. 

Cores disponíveis: as sapatilhas podem ser encontradas na coloração preta, preta com vermelho, preta com azul e cinza com verde. 

Numeração: elas estão disponíveis do 38 ao 45. Ao contrário de outras sapatilhas, a Absolute Wild costuma se adequar ao número real, não sendo necessária a compra de um número maior. Por ser importado, em alguns lugares pode ser apresentada a numeração européia. Nesse caso, convém apenas diminuir dois números. 

Versão feminina: para mulheres o modelo equivalente a Absolute Wild é o modelo Absolute Luna. 

Peso: Entre 600 e 700 g.

Prós e contras de ter uma Absolute Wild

Traçar um panorama completo sobre um produto exige que sejamos um pouco mais críticos. Como resultado, apresentamos um review que poderá implicar na sua decisão de compra.

A fivela micro ajustável é um dos pontos positivos do modelo, já que oferece ao ciclista uma grande segurança e o máximo de conforto, sem perder a performance. A abertura é simples e rápida. Além disso, para quem possui o peito do pé muito grosso ou muito fino, a possibilidade de regulagem sem interferir no tamanho, é muito positiva. 

Bem como o custo-benefício, que é muito bom dada a qualidade do produto. Ela é ideal para quem busca uma boa sapatilha, mas não tem condições de investir em produtos top de linha. Aliás, ela é uma das poucas do mercado que possuem o sistema de ajuste com preço acessível.  

Quanto ao material, a parte positiva é que para limpar, apenas um pano úmido se torna suficiente. Por outro lado, o couro sintético costuma sofrer com arranhões e marcas. Outro fator negativo é que a sapatilha não é costurada e sim apenas colada. Normalmente calçados não costumam descolar facilmente, mas seria mais garantida uma longa duração com uma costura resistente. 

Sob o mesmo ponto de vista, os dois rebites da frente são de plástico e não de metal, o que pode comprometer a durabilidade da sapatilha. Ao mesmo tempo, o calcanhar e a biqueira são positivamente bem reforçados, o que acaba ajudando e muito a pedalada.

Dicas após a compra

Assim como acontece com qualquer outro calçado, os pés possuem um tempo para se adaptar às sapatilhas. Caso aconteça algum desconforto, um ponto de dor, uma pedalada que não parece muito natural, não se preocupe. É normal!

Vá com calma nos treinos, intercalando entre o modelo antigo e o novo. Não existe um tempo certo para essa adaptação, pois depende muito da sensibilidade dos pés e das frequências do treino. 

Da mesma forma, por serem produzidas com materiais que retêm calor, é importante seguir um ritual de limpeza, deixando sempre as sapatilhas limpas após o treino. Retire as palmilhas e deixe secar por completo. 

Você também pode encontrar a Bike Registrada nas redes sociais. Faça parte do grupo de seguidores, curtindo, comentando e compartilhando nossos conteúdos! Siga nosso Facebook, Instagram e Youtube.

seguro de bike