A linha Shimano Deore pode ser considerada a porta de entrada para os componentes de competição da Shimano, com tecnologia superior aos produtos voltados para o MTB casual.

Assim, essa é uma excelente composição para quem deseja uma bike superior, além do intermediário, que proporcione mais performance e possibilidades de uso, pensando em iniciar nas competições ou em trilhas mais técnicas.

Esse é o seu caso? Então veja as informações que separamos sobre a linha Shimano Deore.

A linha Shimano Deore

A linha Shimano Deore conta com séries de 10 velocidades (Deore M4100), 11 velocidades (Deore M5100) e 12 velocidades (Deore M6100).

A Shimano Deore é uma linha versátil, com componentes capazes de cobrir diferentes estilos de pedal, preferências de setup e orçamentos. Vamos ver em detalhes cada uma das alternativas da Shimano Deore? 

Deore M6100 (12 velocidades)

Essa é uma das séries mais recentes da Shimano Deore, lançada em 2020. Ela foi moldada a partir da tecnologia dos grupos XTR, XT e SLX. Por isso, é totalmente compatível com os parceiros das linhas mais agressivas.

A compatibilidade é um ótimo upgrade, pois agora é possível personalizar a sua configuração de trabalho de acordo com as necessidades da sua pedalada.

Outro detalhe bacana é a tecnologia Hyperglide +, que traz 30% de mais rapidez e reduz o tranco na troca das marchas, deixando a troca mais suave, precisa e veloz. Também conta com a tecnologia Dynamic Chain Engagement, que reduz o ruído na troca de marchas, pois deixa a corrente mais justa na coroa.

Pedivela

O pedivela da linha M6100 vem com uma única opção de configuração, de coroa única. É equipado com um sistema de montagem direta, que traz mais rapidez e segurança na montagem, além de tornar mais fácil o processo de substituição das coroas.

As opções de braços variam de 170mm ou 175mm, com coroas de 30 ou 32 dentes (mas com compatibilidade total entre coroas menores ou maiores dos grupos SLX, XT e XTR).

É possível optar por uma entre as três diferentes dimensões de Q-factors: 172 mm, 178mm ou 181mm.

Ainda estão disponíveis dois pedivelas não seriados, o FC-MT511-1 (com coroas de 30 ou 32 dentes) e o FC-MT510-1 (opções para coroas de 30, 32 e 34 dentes).

Em relação ao peso, os pedivela Deore são um pouco mais pesados que dos grupos SLX, XT e XTR.

Cassete e Coroa

O cassete da linha M6100 possui 12 pinhões de aço altamente duráveis e vem com relações de marcha de 10-51 dentes. Graças à tecnologia Hyperglide +, as trocas de marchas são muito mais precisas, mesmo em condições extremas de pedal.

A diferença para os grupos SLX, XT e XTR são os materiais da composição, já que o Deore é totalmente fabricado em aço, o que faz com que o cassete Deore seja um pouco mais pesado que as demais linhas.

Shimano Deore
Foto: Reprodução Shimano

Uma novidade que a Shimano Deore está trazendo é a possibilidade de repor os Cogs, presente nas linhas 10, 11 e 12 velocidades.

A corrente oferece uma transmissão suave e forte ação de retenção da corrente por meio das extremidades estendidas da placa interna. A tecnologia Dynamic Chain Engangement permite que você continue pedalando mesmo quando estiver realizando trocas de marcha sob fortes cargas.

Câmbio traseiro

O câmbio traseiro da linha de 12 velocidades tem alcance de marchas de 10-51D e permite trocas mais rápidas e precisas. Sua roldana de 13 dentes com tecnologia Shadow RD+ reduz as batidas das correntes. Além disso, graças a um braço mais rígido, o câmbio oferece mais tensão à corrente.

Imagem

Trocador de marchas

O trocador direito da linha de 12 velocidades tem a mesma tecnologia de fixação no guidão da bike dos grupos XTR, XT e SLX, o que permite ajustes mais ergonômicos. Os movimentos variam de 14mm lateral e até 10 graus rotacional, trazendo mais possibilidades de ajustes de acordo com o gosto pessoal do ciclista.

Outras vantagens são as tecnologias integradas: Rapid Fire Plus e 2-Way Release, sendo que esta última permite trocar subindo e descendo marchas no cassete de forma mais rápida, usando tanto o polegar como o indicador para fazer a troca.

Shimano Deore
Foto: Reprodução Shimano

A nova linha ainda conta com um visor para que você possa ver as marchas. O ciclista pode escolher entre usar a alavanca com ou sem o visor.

Freios

A linha Deore M6100 conta com duas opções: pinça de dois pistões para XC (BR-M6100) e com quatro pistões para Trail/Enduro (BR-M6120). Os dois contam com manete de freio redesenhado, com uma montagem mais rígida, assegurando maior potência.

Shimano Deore
Foto: Reprodução Shimano

As manetes, ainda, contam com tecnologia Shimano Servo Wave (engate mais rápido da pastilha com o rotor, que traz mais rapidez na frenagem) e curso livre mais curto (reduzindo as chances de quebra e melhorando a pegada).

Outros pontos

Outros pontos bacana da linha Deore de 12 velocidades são:

  • rodas com rolamento industrial (que pode ser facilmente encontrado e reposto);
  • rodas equipadas para tubeless;
  • alavanca adicional de canote de selim, que permite operar o canote rapidamente sem prejudicar o posicionamento da mão no guidão.

O peso total desse grupo é de 1,2kg + 810 gramas do pedivela. O que é um valor um pouco mais alto que o top de linha, o XTR. O motivo dessa diferença acaba sendo basicamente o acabamento e o material usado.

Os preços variam de acordo com a cotação do dólar, girando em torno de R$2.200 para trocador, corrente, câmbio traseiro e cassete.

Deore M5100 e M4100 (10 e 11 velocidades)

A linha Deore ainda conta com a opção de 10 velocidade e com a novidade de 11 velocidades que amplia a versatilidade da linha com grupos capazes de cobrir diferentes estilos de pedal, preferências de setup e orçamentos. Muitos dos itens são compatíveis tanto para 10 como para 11 velocidades, mas nem todos são compatíveis para 12 velocidades.

Transmissão

Nas linhas de 10 e 11 velocidades, é possível optar entre pedivela duplo (2×11 ou 2×10) e a versão single (1×11 ou 1×10). Apesar de não contar com as mesmas tecnologias avançadas da linha de 12 velocidades, os ciclistas conseguem boa performance na troca de marchas graças aos cassetes e correntes HG que contam com Rapid Fire Plus Mono na mão esquerda e 2-Way Release.

Quem optar pela opção de 11 velocidades, poderá escolher entre cassete HG de 11-51d com pedivela single (de 30d ou 32d), pedivela duplo normal ou Boost e coroas de 36d-26d ou um cassete HG de aço de 11-42d e passo de engrenagens mais próximo.

Nos sistemas de 10 velocidades, é possível combinar coroas de 1×10 (30 ou 32 dentes) com cassete de HG de aço de amplo alcance, de 11-46D ou setup de 2×10 (36-26d) com cassete HG de aço e passo de engrenagens mais próximo de 11-42d.

Trocadores

Tanto para as opções de pedivela single como duplo, as linhas da Deore de 10 e 11 velocidades contam com posicionamento I-Spec EV, que oferece uma conexão mais simples com os manetes de freio e canote retrátil.

Shimano Deore
Foto: Reprodução Shimano

Outro detalhe interessante é a alavanca Rapid Fire Plus Mono, na parte esquerda, que permite operar o câmbio dianteiro com uma alavanca de dedão, com resposta imediata tanto ao subir como ao descer as marchas. O design é bem clean e traz ainda mais facilidade na hora de trocar a marcha.

Na parte direita, está o display óptico que permite uma visualização rápida da posição da marcha e a presença da tecnologia Rapid Fire Plus, com a troca de três marchas para baixo de uma só vez, além do 2-Way Release, para descer as marchas mais rápido.

Câmbios

Os câmbios traseiros dependem da sua escolha de transmissão. Se for usar uma transmissão chainline 1×11 deverá usar o câmbio traseiro RD M5100-SGS, projetado para acomodar o menor pinhão de 51 dentes no cassete HG de 11 velocidades. Lembrando que esse câmbio não é compatível com o de 12 velocidades.

Outra opção é o RD M5120-SGS, projetado para pinhões de 42 dentes ou 46 dentes. Ambos possuem tecnologia Shadow RD+ e são projetados com um desenho de perfil baixo, que protege das pedras e estabilizador de corrente, que reduz as vibrações e a queda de corrente.

Shimano Deore
Foto: Reprodução Shimano

Quem deseja economizar, pode apostar no M4120-SGS Shadow RD para as transmissões 2×11 ou 2×10, sem a função de estabilizador de correntes.

Nos câmbios dianteiros, as mudanças são bem silenciosas, suaves e leves e há uma excelente folga para os pneus (de até 2,3” para os aros maiores). As duas opções de câmbios (M5100/M4100) vêm com múltiplas opções de montagens (D,E ou M), se adequando a diferentes projetos de quadros.

Freios

Nos grupos de 10 e 11 velocidades, você encontrará um manete de freio e dois tipos de calipers. A manete BL-M4100 é compatível com calipers de 2 ou 4 pistões, com ponto de contato adicional ao guidão que oferece maior sensação de rigidez, engate de freio mais rápido e curso livre de frenagem mais curto (quando comparado com o modelo anterior).

Shimano Deore
Foto: Reprodução Shimano

O BR-MT420 é a opção de caliper de 4 pistões com alta potência de frenagem e o BR-MT410 é a opção de caliper de 2 pistões que é mais leve, porém só tem opção de pastilha de resina, enquanto o MT420 tem opção de pastilha de metal ou de resina.

Os preços variam de acordo com a cotação do dólar. A opção de 11 velocidades pode ser encontrada por R$1999 já a de 10 velocidades em torno de R$1500, sem pedivela e freios.

E então, curtiu conhecer mais o grupo Shimano Deore? Deixe sua opinião sobre o grupo Deore nos comentários!

seguro de bike