Pode ser que você esteja naquele momento crucial, pensando em migrar para o ciclismo de estrada, mas sem saber por onde começar. E é exatamente nessa hora que surge a dúvida sobre qual o tamanho bike speed ideal para comprar. Pode até bater aquela ansiedade de querer resolver tudo rápido. 

De antemão, já adiantamos que é preciso ter cautela na hora de investir em uma bicicleta deste porte. É necessário pesquisar muito bem e não se deixar levar pelo impulso. Somente quando você estiver 100 % seguro de qual o tamanho bike speed é compatível com a sua estrutura física, aí sim é chegado o momento de comprar. 

Característica da Bike Speed

Para quem está começando a dar os primeiros passos no esporte, pode não saber ao certo algumas características. A modalidade speed, também conhecida como ciclismo de estrada, é praticada em 99% das vezes em ruas de asfalto. Por essa razão, toda a estrutura da bike foi produzida para responder bem a lugares pavimentados. 

Como o próprio nome já diz, ela possui uma aerodinâmica diferenciada para atingir altas velocidades, por isso são mais leves que as bicicletas comuns de passeio. Por conta da alta velocidade, o sistema de freios no speed deve ser extremamente rápido. Nos manetes, além de frear a bicicleta, é possível também trocar as marchas. 

Tamanho da bike speed

Escolher o tamanho é um parâmetro fundamental para ter o máximo de conforto durante a condução. A bicicleta não adequada ao nosso corpo pode gerar desconforto ao pedalar e dores nas articulações. Não há nada mais irritante, desconfortável e potencialmente prejudicial do que andar de bicicleta com o tamanho errado.

MEDIDAS DO QUADRO DA BIKE SPEED 

A compra de uma bike speed é praticamente igual à compra de uma roupa. Existem diferentes tipos de tamanhos para diferentes corpos. Assim, precisamos compreender qual a nossa estrutura, para depois poder comprar a bicicleta que mais lhe convém. 

O tamanho do quadro ideal de speed depende da altura do ciclista. A tabela seguida é a seguinte: 

– Altura entre 1,50m a até 1,60m: quadros de 46 a 50 cm;

– Altura entre 1,60m a 1,70m: quadros de 50 a 53 cm;

– Altura entre 1,70 a 1,80m: quadros de 53 a 56 cm;

– Altura entre 1,80m a 1,90m: quadros de 56 a 59 cm;

– Altura entre 1,90 a 2m: quadros de 59 a 63 cm;

– Ciclistas com mais de 2m: quadros superiores a 63 cm.

Para pessoas que possuem a perna um pouco mais longa em relação ao tronco, convém realizar o cálculo desenvolvido por um engenheiro da Suíça, chamado Wilfried Hüggi. Segundo seus estudos, é possível identificar a numeração exata do quadro, a partir da multiplicação da altura do cavalo por 0,65 cm. 

A altura do cavalo, nada mais é do que a medida que existe desde a sola dos pés, até a região do corpo que será apoiada no selim. Para medir é simples. Com as pernas em paralelo, os pés descalços, encostados em uma parede. Peça ajuda para alguém fazer uma marca de lápis, exatamente no cavalo. Pronto, agora é só fazer a fórmula e descobrir o número.  

Bike speed: o que é preciso mais ter?

Durante a compra de uma bike no modelo speed é importante saber que a questão peso faz toda a diferença na performance. Investir em um quadro de alumínio é ter a certeza de uma boa resposta na pista. Existem diferentes marcas no mercado, mas as nacionais costumam ser muito boas, mais acessíveis e confiáveis. Dá para apostar!  

Prefira investir em garfos de fibra de carbono. Como a bike speed foi projetada para andar em lugares pavimentados, ela não possui suspensão. Por isso, os garfos neste material conseguem oferecer um conforto dentro deste cenário.  

Feitos para todas no asfalto, os pneus são mais finos e lisos que qualquer outra bicicleta convencional. Eles possuem também diferentes espessuras com números diferenciados. Vale testar alguns antes de comprar e ficar de olho se o tamanho do quadro que você pretende investir, suporte a dimensão do pneu. 

No mais, saber escolher o selim para a bike speed é essencial para pedalar, já que alguns ciclistas têm o costume de mergulhar no guidão. No caso do speed, o selim deve ser mais estreito, de um tamanho menor e revestido com um sistema de acolchoamento diferenciado, para garantir o conforto necessário. Digamos que seria um modelo mais aerodinâmico, como o capacete. 

As sapatilhas especiais para a modalidade, em um primeiro momento, não são tão necessárias. Claro que, ao longo dos treinos, você irá sentir que precisa mudar algumas coisas para atingir maiores resultados. Depois de já ter se adaptado ao estilo, pode sim ser ideal investir em uma sapatilha para speed. 

E por fim, como a bike speed costuma ser um produto de alto valor, convém fazer uma simulação de seguro, que possa cobrir roubo, furto qualificado ou até mesmo, acidente ou quebra. 

Dicas para escolher o tamanho

Pode até bater aquela ansiedade de querer resolver tudo rápido e comprar logo a bicicleta. Mas é preciso ter prudência e avaliar bem todos os quesitos, para depois investir na tão sonhada magrela de estrada. 

– Calcule corretamente as medidas de acordo com a tabela;

– Realize pesquisas no site oficial do fabricante e verifique as especificações de cada componente, descrições e tamanhos;

– Converse com ciclistas que pratica a mais anos e escute as recomendações;

– Vá a uma loja física e explique para o lojista as suas dúvidas. Peça para experimentar o seu tamanho bike speed e quadro. Simule a posição em cima da estrutura. 

 – Observe como você se sente. Está confortável? Está muito curvado? Os braços alcançam tranquilamente o guidão e os freios? Como estão os ísquios no selim? 

A escolha de uma bicicleta requer tempo de pesquisa. Após compreender qual o tamanho bike speed ideal, é hora de investigar quais as marcas oferecem um melhor custo-benefício, levando em consideração a qualidade e durabilidade das peças. 

Fique por dentro de tudo o que acontece no universo do ciclismo. Assine a nossa newsletter e receba diretamente no seu e-mail o nosso conteúdo!

seguro de bike