Entender mais sobre os grupos de marchas para o ciclismo de estrada é a base para fazer a melhor escolha de um. E nesse quesito, a hierarquia SRAM para road bikes é extensa, e reserva modelos do básico ao mais avançado, cada qual com seus diferenciais. Você já conhece cada linha da marca?

A SRAM é perita em inovar em peças de bike, como suspensões, freios e demais tecnologias para bicicletas. Mas, o forte deles são os grupos SRAM de marchas, disponíveis para as MTBs e as road bikes. Nesta categoria, os modelos eletrônicos são os mais ousados e garantem alta performance.

Conheça a história da sram 

Desde o início da sua história, a SRAM está envolvida em sistemas tecnológicos únicos na produção de componentes de bike. Fundada em 1987, nos Estados Unidos, a empresa possui uma fábrica na cidade de Chicago, em Illinois. Seu nome SRAM significa Scott, Ray e Sam: o nome dos três fundadores originais da empresa. 

Seu lugar no concorrido mercado do ciclismo foi conquistado devido ao desenvolvimento do “Grip Shift”, ou seja, o passador de marchas. Você sabia? Foi um grande sucesso na época, o que ajudou a consolidar a marca. 

Porém, em 1990, ela se viu envolvida em um grande problema ao ir na justiça contra a japonesa Shimano. Sua acusação era a de que a empresa asiática, sua rival de vendas, estava realizando práticas ilegais. Resumindo, a concorrente estaria oferecendo aos fabricantes de bicicleta uma propina. 

A situação foi resolvida fora dos holofotes e da presença das autoridades. De qualquer modo, esse posicionamento ajudou a marca a assumir uma atitude firme contra o monopólio de componentes. 

Isso foi crucial para que ela conseguisse se fortalecer como uma das principais indústrias de componentes no mundo. No entanto, esse lugar foi conquistado também por conta de um forte trabalho. Na SRAM, a alta qualidade está presente nos materiais, na mão de obra qualificada e também nas pesquisas de inovação. 

Por dentro da sua linha de produtos 

A empresa norte-americana possui uma grande variedade de componentes em seu catálogo, como suspensões, freios e outras peças. Contudo, o sucesso da SRAM no mundo do ciclismo se dá devido aos grupos de transmissão que são comercializados pela empresa. 

Ela atende perfeitamente diferentes modalidades e variados tipos de ciclistas. Para quem está iniciando ou para quem já está atingindo a alta performance: todos tem vez com os grupos de transmissão da SRAM. 

Ainda assim, ao contrário de muitas empresas que acabam optando por entrar na fabricação de bicicletas, a SRAM continua firme em seu propósito. Ainda hoje, desde a sua inauguração, segue focada na produção somente de seus componentes. 

A SRAM trabalha com a hierarquia SRAM para Road Bikes, tendo os seguintes produtos: Apex, Rival, Force e Red. Ela atua fortemente também com a hierarquia SRAM para MTB

Confira toda a hierarquia sram para road bikes

As bicicletas de estrada estão cada vez mais rápidas e mais capazes do que nunca. Por conta das novas tecnologias, os ciclistas que hoje optam em trabalhar com componentes da SRAM podem vivenciar o que há de melhor no mercado. Veja abaixo toda a hierarquia SRAM para Road Bikes: 

APEX

A linha Apex é a de entrada da marca, e inaugura a hierarquia SRAM para road bikes com muita qualidade.

Esse grupo já conta com 20 velocidades, e um range bastante atrativo, que pode comportar cassetes de 11-36 dentes. Isso traz uma relação de marchas bastante aliviada para quem está começando nas estradas.

Outros detalhes do SRAM Apex incluem o conjunto de freios ferradura em aço, e os trocadores de marchas integrados aos manetes de freio. O padrão de trocas é DubleTap — feito com dois toques no manete.

APEX 1

Hierarquia SRAM para road bikes, Sram Apex 1

O Apex 1 é um grupo direcionado tanto para quem quer rodar nas estradas quanto nas trilhas. Isso faz dele ideal para quem quer uma gravel bike.

A razão que faz do Apex 1 ser na hierarquia SRAM para road bikes, tão versátil, é que ele já conta com 22 velocidades. Além disso, ele pode comportar apenas 11 marchas, se o usuário quiser aliviar peso da bike e deixa-la mais ágil.

Também, o cassete da linha Apex 1 já traz mais combinações, com seus 11-42 dentes. Sem contar nos freios hidráulicos — um grande diferencial para uma linha básica.

RIVAL

Hierarquia SRAM para road bikes, Rival

Na hierarquia SRAM para road bikes, o Rival se enquadra no melhor custo-benefício para quem busca boa performance nas estradas. O motivo é que a linha já traz boas tecnologias da categoria, como o uso de peças em alumínio muito leve.

O conjunto é composto por pedivela, passadores de marchas, câmbios dianteiro e traseiro e freios ferradura ou a disco. Já o número de velocidades é perfeito para vários terrenos: 22.

RIVAL 1

Hierarquia SRAM para road bikes, Rival 1

O Rival 1 é a linha de quem quer montar uma bicicleta de estrada leve, com pretensões de se jogar em terrenos acidentados. Ou seja, é também o conjunto da hierarquia SRAM para road bikes, feita para o gravel.

Logo, o que você encontra nessa linha da SRAM são um pedivela de coroa única, freios a disco hidráulicos e bem potentes e cassete com 42 dentes para subidas íngremes.

No total, são 11 marchas que oferecem combinações capazes de dar conta de diferentes terrenos, e proporcionar muita diversão.

RIVAL AXS

Hierarquia SRAM para road bikes, Rival AXS

O Rival AXS é um dos mais avançados grupos de marchas na hierarquia SRAM para road bikes.

Sua construção é toda em alumínio e segue basicamente o mesmo design da versão Rival. Porém, a linha AXS designam os grupos eletrônicos e sem fio da SRAM, o que os torna ainda mais leves, rápidos e precisos nas trocas de marchas.

Outro diferencial da linha Rival AXS é que ela já tem 24 velocidades, um ganho e tanto para quem deseja treinar pesado e competir.

RIVAL ETAP AXS 

Apresentado a tecnologia que os ciclistas mais desejam, o SRAM Rival eTap AXS possui diferenciais que surpreendem. Com deslocamento sem fio intuitivo, engrenagem inovadora, medição de energia integrada, conectividade AXS e freios a disco hidráulicos refinados. A engrenagem de 12 velocidades fornece um alcance mais amplo e saltos mais apertados para que o pedal esteja sempre na marcha certa.

Ele é um grupo de baixa complexidade e simplicidade ímpar, no entanto é rico em recursos. Conta com um sistema seguro e totalmente confiável. A lógica de mudança sem fio eTap é simples e intuitiva de montar: um botão para ir mais fácil, um para ir mais difícil. Pronto, não precisa de mais nada!

FORCE

Hierarquia SRAM para road bikes, Force

O SRAM Force traz muita versatilidade para a linha de grupos para road bikes da marca. E a principal razão dessa vantagem são os modelos com 22 ou 11 velocidades. Assim o grupo atende diversos ciclistas de uma vez só.

Ponto alto desse grupo dentro da hierarquia SRAM para road bikes, é que ele tem muita resistência para ser usado ao extremo. E o que o torna um conjunto tão robusto para pedais agressivos são peças que misturam alumínio e fibra de carbono.

Por fim, o SRAM Force pode acompanhar tanto os freios ferradura em alumínio como as pinças de freios a disco. Os trocadores são no mesmo padrão nos dois casos, mudando apenas a ligação a cabo de aço e a óleo entre elas.

FORCE 1

 

Cria do sistema de transmissão 1x, o SRAM Force 1 nada mais é do que a evolução da inovação. Ficou confuso? Explicamos! Ele é mais leve, mais forte e mais simples – possui anéis de corrente não aeronáreos, que podem ser instalados com uma única ferramenta. 

Além disso, é bem silencioso, requer baixa manutenção e é muito resistente. Quer um grupo para te acompanhar em absolutamente tudo? Versátil, ele encara qualquer tipo de aventura ou deslocamento. Vai do terreno plano até a estrada cheia de cascalho. Seu desempenho é muito sólido, por isso é sempre bem recomendado. 

FORCE AXS

Hierarquia SRAM para road bikes, Force AXS

Mais um investimento da SRAM em grupos eletrônicos. O grupo Force AXS tem as mesmas características de seu “irmão” na versão mecânica, porém, com funcionamento eletrônico e wireless.

FORCE ETAP AXS

 

Engrenagem moderna, gerenciamento avançado de corrente e fácil personalização. Estes são apenas alguns dos diferenciais que o SRAM Force eTap AXS oferecem, dentre seus principais recursos. Tudo isso no pacote mais acessível da série. 

Ele reúne o melhor dos dois mundos: mudança eletrônica sem fio e frenagem hidráulica a disco. Ainda assim, o sistema de freio de deslocamento SRAM Force eTap AXS HRD integra a tecnologia de ponta. Em um pacote eficiente, ele oferece o sistema AXS para facilitar a personalização.

Projetados para sistemas 1x e 2x, os desviadores traseiros Force eTap AXS aproveitam a tecnologia de engrenagens X-Range para maior alcance. Utilizando o amortecedor de fluido Orbit , ele garante um bom gerenciamento de correntes.

RED

Hierarquia SRAM para road bikes, Sram Red

A linha Red da SRAM se preserva há muitos anos como o ápice em desenvolvimento de tecnologia da marca.

Peças em fibra de carbono, titânio e alumínio dão o tom do grupo de estrada mais avançado da SRAM. Esse é um dos conjuntos mais leves do mercado, levando em consideração todas as peças: pedivela, freios, passadores, câmbios e outros.

Ao todo são 22 velocidades que o SRAM Red oferece, além de muita resistência e trocas extremamente precisas. Além de alta durabilidade também.

RED ETAP

Hierarquia SRAM para road bikes, Sram Red

O SRAM Red eTap foi o primeiro grupo eletrônico sem fio do mercado mundial. E ele permanece fiel às suas raízes com suas 22 velocidades e peso pena. No mais, suas características seguem os padrões da versão mecânica.

RED AXS

Hierarquia SRAM para road bikes, Sram Red AXS

A hierarquia SRAM para road bikes tem a sua joia rara: Red AXS. O jogo de componentes é levado ao seu máximo, numa versão que tem melhorias tanto na mecânica das peças quanto na eletrônica.

Assim, o SRAM Red AXS é a última palavra em tecnologia para road bikes, com 24 velocidades e funcionamento de alta performance.

Começar ou progredir no ciclismo de estrada pede peças que acompanhem o seu estágio de pedal. Assim, descobrir mais sobre os grupos da hierarquia SRAM para road bikes só vai te ajudar a decidir pelo melhor conjunto ao seu objetivo nas estradas.

RED ETAP AXS

O SRAM RED eTap AXS oferece um maior alcance e uma progressão mais próxima, para que o ciclista esteja sempre na marcha certa. Garante um passeio tranquilo, seguro e suave, seja qual for a estrada. Ele é um sistema que faz exatamente o que o ciclista quer e do jeito que ele quer. O domínio é total e, além do mais, ele ainda é sem fio. Bárbaro! 

O desviador traseiro do modelo faz com que o coração do quadro esteja sempre conectado. Isso proporciona o gerenciamento avançado de corrente o mantém o pedal silencioso e seguro, independentemente do tipo de terreno. Já a mudança frontal do SRAM RED eTap AXS está bem mais responsivo e rápida. 

Começar ou progredir no ciclismo de estrada pede peças que acompanhem o seu estágio de pedal. Assim, descobrir mais sobre os grupos da hierarquia SRAM para road bikes só vai te ajudar a decidir pelo melhor conjunto ao seu objetivo nas estradas.

Como funciona a garantia na sram? 

A SRAM oferece uma garantia de dois anos em materiais e mão de obra em todos os produtos. Desde que o reclamante seja o proprietário original do produto. Todos os problemas de garantia SRAM e atendimento ao cliente devem ser tratados diretamente com a loja de bicicletas onde a compra foi efetuada.

Todo o processo que envolve defeitos é direcionado para a revendedora, que no Brasil é a empresa Proparts. Localizada em São Paulo, ela atua em todo território nacional. É considerada uma das maiores empresas de distribuição de produtos de esportes e lazer do país. 

Para agilizar a avaliação, é importante levar o recibo do produto até o local original de compra. O revendedor fará uma avaliação básica. Se tudo estiver dentro do padrão da empresa, o produto será encaminhado para uma assistência de serviços técnicos. 

Já conhecia esses componentes da marca norte-americana? Comente aqui abaixo o que achou deles e qual modelo você mais se interessou!

seguro de bike