Saúde e bem-estar

Alongamento para ombro: importância e exercícios recomendados

A dor no ombro é uma doença relativamente frequente em ciclistas. Ela pode ser causada por uma fratura, lesão ou doenças como artrite, bursite ou tendinite. Além de outras possíveis causas, esta doença também pode estar ligada à má postura, estresse, estilo de vida sedentário e sono insatisfatório. Para evitar sentir dor ou sofrer uma lesão, é fundamental manter o foco ao praticar exercícios físicos, e a realização de alongamento para ombro. 

A sensação de liberdade proporcionada pelo ciclismo é acompanhada por muitas vantagens para a saúde, que incluem regulação da pressão arterial, fortalecimento muscular, assistência na perda de peso, sensação de bem-estar e muito mais. Mas qualquer exercício feito de forma incorreta pode prejudicar a saúde e a qualidade de vida.

Ciclismo e dor no ombro: entenda a relação

Muitas pessoas acreditam erroneamente que andar de bicicleta envolve apenas subir e descer, mas o posicionamento incorreto da bicicleta pode causar desconforto e até lesões. Tanto as pernas quanto os músculos que sustentam o tronco precisam estar bem preparados para o exercício. Outros locais como o pescoço, a parte inferior das costas e os joelhos costumam ser muito afetados no ciclismo.

Quando há algum incômodo nessas regiões, é necessária uma avaliação minuciosa da situação e consulta com um especialista para identificar a origem precisa do desconforto e obter o melhor tratamento possível. No entanto, se o objetivo for minimizar a dor e tentar mantê-la o mais longe possível do corpo é preciso alguns cuidados. E o alongamento para ombro é um grande aliado.

Para ajudá-los, separamos alguns exercícios fáceis de alongamento para ombro, que qualquer pessoa pode fazer em qualquer lugar, mesmo se não for um praticante regular de exercícios. Ao liberar a tensão nos ombros, esses exercícios ajudarão a evitar o aparecimento de dores. Leia o texto completo e fique pode dentro de tudo o que precisa saber.

A importância do alongamento para ombro

Em primeiro lugar, quem pratica ciclismo deve estar ciente das vantagens do alongamento, pois é uma atividade que necessita de movimentos não naturais, ao contrário, por exemplo, de caminhar ou correr.

A postura do tronco para a frente, que se assume ao pedalar faz com que os músculos fiquem mais tensos e, de certa forma, até mesmo deslocados. Um ciclista extremamente ativo pode sentir dores na região lombar, o que pode prejudicar o desempenho do pedal.

Por isso, é fundamental aprender alongamento para ombro antes de pedalar para evitar dores. Sem falar nas dores no pescoço e nos ombros que tendem a passar, além de aumentar a flexibilidade dos músculos do quadril e das costas.

Problemas comuns prevenidos com alongamento

A atividade física regular e a aplicação de técnicas de alongamento produzem melhorias substanciais no bem-estar físico e mental. O alongamento é uma forma de exercício que ajuda a melhorar a flexibilidade, que é um atributo pessoal que é influenciado por uma variedade de fatores, incluindo genética, sexo, idade, massa muscular e gordura e variáveis ​​externas como treinamento e temperatura.

A flexibilidade é uma habilidade que desaparece com o tempo e pode ser especialmente importante nos homens. As mulheres são inerentemente mais flexíveis devido a fatores hormonais e físicos. 

Segundo o Colégio Americano de Medicina Esportiva, os exercícios de alongamento são fundamentais em um programa de condicionamento físico, porém os exercícios de alongamento também trazem benefícios se forem realizados de forma independente, sem a prática de atividade física.

O melhor momento para realizar exercícios de alongamento é um tema de muito debate. Embora alguns autores sugiram fazê-los antes do exercício, outros acham que é melhor fazê-los após a atividade física. Aconselhamos praticar alongamentos regularmente, incluindo alongamento para ombro, antes ou depois dos exercícios.

Veja algumas vantagens dos exercícios de alongamento:

  • Melhor qualidade de vida;
  • Amplitude de movimento estendida;
  • Ativação da circulação sanguínea;
  • Diminuição do encurtamento muscular;
  • Melhor coordenação motora;
  • Correção postural;
  • Diminui a dor muscular pós-exercício;
  • Redução de sobrecargas articulares;
  • Liberação de tensão e dor nos músculos.

O desempenho esportivo, incluindo futebol, tênis, ciclismo, corrida, ginástica artística, etc., é diretamente impactado pela flexibilidade. Um atleta mais flexível pode executar movimentos com mais força, velocidade e amplitude, o que melhora seu desempenho esportivo e economiza mais energia em geral, reduzindo o risco de lesões ou dores nos músculos e articulações.

alongamento para ombro

Benefícios e melhora da postura/performance

Entre os principais benefícios podemos citar:

1. Liberação de músculos tensos

Em primeiro lugar, o alongamento corporal ajuda a liberar a tensão nos músculos, relaxando o corpo. O alongamento alivia a tensão em vários segmentos do corpo, incluindo pescoço, costas e outras áreas. 

Além disso, isso faz maravilhas para aliviar a dor e a rigidez associadas ao treino de áreas musculares específicas. Os músculos ao redor do local da lesão se contraem como uma reação protetora quando você se machuca. Desta forma, a dor diminui à medida que estendemos a área afetada.

2. Postura mais ereta

Uma melhor postura é a segunda vantagem do alongamento muscular (e da prevenção). Isto se deve ao fato de que os músculos tensos muitas vezes forçam o corpo a assumir uma postura incorreta.

A má postura pode resultar de tensão nos músculos dos quadris, parte inferior e superior das costas e tórax. As pessoas que passam todo o dia de trabalho em posição sedentária são propensas a esse problema. A postura pode ser melhorada, por exemplo, alongando os isquiotibiais, o trapézio superior e os músculos peitorais.

3. Prevenção de lesões

Uma vantagem do alongamento é que ajuda a prevenir lesões. Isso ocorre para que você possa evitar lesões nos músculos, alongando-os ainda mais. O estiramento excessivo de um músculo pode causar rigidez ou ruptura. É menos provável que isso ocorra durante o alongamento.

Como ajuda a aquecer os músculos e a liberar tensões que podem prejudicar qualquer parte do corpo, essa prevenção de lesões é melhor feita antes da atividade física. O alongamento antes do treino também diminui a dor nos músculos depois.

4. Ativação circulatória

Outro benefício do alongamento é que ele ativa a circulação sanguínea. Isto é resultado do aumento do fluxo sanguíneo muscular da prática. A circulação melhorada ajuda a prevenir problemas futuros e auxilia no processo de cura após lesões musculares e atividades repetitivas.

5. Aumenta a adaptabilidade

A última vantagem do alongamento muscular é que aumenta a flexibilidade do nosso corpo. O alongamento para ombro aumenta a aptidão física e permite movimentos mais leves e fluidos. Este é um procedimento realmente significativo, especialmente à medida que envelhecemos.

Nossas articulações perdem parte da amplitude de movimento à medida que envelhecemos. O alongamento pode ajudá-lo a superar restrições inerentes dessa forma.

Exemplos de alogamentos

Confira abaixo uma lista de alongamento para ombro que você pode começar a fazer em casa mesmo:

1. Fazer alongamentos na coluna

Você acredita que dores nas costas são uma queixa comum entre os ciclistas? Isso indica que a coluna precisa ser alongada para realizar este exercício. Assim, prepare-se para sua próxima viagem de bicicleta realizando a seguinte ação.

Abaixe o peito em direção às pernas enquanto usa a bicicleta como apoio para ambos os braços. Abaixar os braços para tentar tocar os pés é outro movimento altamente poderoso. Dessa forma você estenderá a parte de trás das pernas e a coluna.

2. Alongue o quadríceps

Dobre a perna e, por dez segundos, mantenha o pé contra as nádegas. Esse movimento é ótimo para alongar os músculos. Faça a mesma coisa na outra perna.

3. Alongamento do músculo femoral

Estes são os músculos da coxa situados na parte traseira. Segure o guiador com a mão livre enquanto apoia uma perna no quadro da bicicleta. Depois de aproximar o pé do tronco, faça uma pausa de 10 segundos para esticar a perna e dobrar as costas. Depois disso, repita com a perna oposta.

4. Alongamento da panturrilha

Pise no pedal e aplique pressão com o calcanhar. Este é o exercício correto se você sentir o alongamento da panturrilha. Lembre-se de realizar o mesmo procedimento na outra perna.

5. Estendendo os braços

Com uma mão atrás das costas e um braço dobrado acima da cabeça, fique como se tivesse fazendo uma pose. Segure o cotovelo com o outro braço e empurre-o na direção da cabeça. Proceda com o outro lado da mesma maneira.

Os alongamentos são muito importantes para quem pratica o ciclismo. A Bike Registrada está sempre trazendo conteúdos importantes aqui no blog. Praticar o ciclismo não é só subir na bicicleta e sair por aí. Quem curte a atividade física deve se atentar a diversos detalhes para que tudo aconteça de maneira segura. Continue acompanhando e fique por dentro do universo do ciclismo.

Leia mais: Tudo o que você precisa saber para comprar bicicleta.

Artigos relacionados
Saúde e bem-estar

Sou ciclista e sinto pressão na parte íntima constantemente. O que pode ser?

O ciclismo é mais do que apenas um meio de transporte ou uma forma de exercício; para muitos, é…
Leia mais
Preparação e práticaSaúde e bem-estar

É ciclista e tem dor no ombro? Veja como aliviar

Você, ciclista apaixonado, conhece bem a sensação de liberdade ao pedalar por trilhas e estradas.
Leia mais
Saúde e bem-estar

Como perder gordura abdominal rapidamente pedalando

Você sabia que pedalar não é apenas um exercício prazeroso, mas também uma forma eficaz de…
Leia mais
Newsletter
Receba  novidades  do Bike Registrada

Receba toda semana matérias  e novidades do Bike Registrada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?