No seu grupo de pedal, ou enquanto você está treinando sozinho, é fácil vê-las girando nos pedivelas das bikes de outros ciclistas. Se você já pensa em usar sapatilhas para bike, mas ainda tem dúvidas de como escolher o seu par, você deve ler esse artigo.

O que são sapatilhas para bike?

As sapatilhas para bike são calçados feitos especificamente para o uso no ciclismo, seja para o mountain bike, bikes de estrada, cicloturismo, entre outras categorias.

Esses tipos de calçados contam com um sistema de taco fixado por parafusos na sola das sapatilhas, projetado para o pedal de encaixe — o popular pedal de clip. Ou seja, para usar as sapatilhas você deve equipar sua bike com esse tipo de pedal.

E assim como para cada modalidade de ciclismo existe uma bike, para cada uso e objetivo do ciclista, há uma sapatilha certa.

Quais são as suas vantagens?

A principal vantagem de usá-las é que você terá um maior rendimento de suas pedaladas.

Com os pés encaixados nos pedais, enquanto você pressiona um deles, o outro automaticamente é puxado, já que a sapatilhas estão clipadas nos pedais. Isso garante que muito mais energia das suas pernas seja aproveitada e você aumente o seu desempenho com menos esforço.

Além dessas vantagens, usar as sapatilhas para bike faz com que suas pernas e pés fiquem em uma posição mais confortável e ajustada. Pode parecer pouco, mas isso evita lesões pelo corpo e trabalha mais os músculos, sem que você perceba.

Outra vantagem é que as sapatilhas têm alta durabilidade. As peças que exigem mais manutenção são os tacos, que se desgastam com o uso em longo prazo.

Existem desvantagens em usá-las?

Ainda que sejam poucas, elas existem e não poderíamos deixá-las de fora, afinal, você precisa saber de tudo sobre as sapatilhas para bike, antes de comprá-las.

Você poderá ter dificuldades para se adaptar a esse novo recurso, o que não impede que um treino constante faça com que aprenda rápido!

Também, hora ou outra, você vai cair tentando tirar seus pés dos pedais. Isso acontece porque o movimento de retirar os pés, nesse sistema, é feito lateralmente. E ‘na hora H’ você pode se atrapalhar e aí o tombo é certo. Por isso treine antes!

A outra desvantagem para alguns pode ficar por conta dos valores, que para um bom par, podem começar acima de R$ 250. Além delas, você também deve investir num par de pedais de clip.

Quais são os tipos de sapatilhas para bike?

Mountain Bike

Alguns modelos dessa categoria também são usados para cicloturismo. O cabedal é feito de materiais sintéticos, camurça ou em couro natural.

O cano desse modelo é médio ou alto e essa opção tem solado grosso e rígido, em borracha ou em fibra de carbono em modelos top de linha.

Essas sapatilhas também têm travas, que facilitam uma eventual caminhada em uma trilha cheia de barro, pedras e raízes!

Modelos de entrada são mais pesados. Já os para alta performance são mais leves. O fechamento superior é feito por velcros, travas (cada marca usa um sistema), ou por cadarço. E há modelos que usam mais de um sistema!

O taco das sapatilhas para mountain bike é de aço, e é fixado por dois parafusos que ficam ao centro do ‘taquinho’.

Speed

As sapatilhas para as bikes de estrada são bem leves, com cabedal em couro sintético ou legítimo, e o seu fechamento também é feito por velcros ou travas.

Já o solado dessas sapatilhas é muito rígido e fino, feito de plástico, nylon ou também de fibra de carbono.

O taco geralmente é de plástico, nylon e borracha e tem sistema de fixação feito por três parafusos. Isso garante mais estabilidade e facilita o ganho de velocidade, que nessa categoria, é o maior objetivo.

Mas, para caminhar mesmo que só um pouco, os tacos dessas sapatilhas encostam-se ao chão. Isso acontece porque o solado delas é liso e os ‘taquinhos’ são sobressalentes.

Urbana/Casual

Nessa categoria, as sapatilhas para bike são mais simples. O sistema de fechamento é, na maioria dos modelos, por cadarço. Mas ainda há algumas sapatilhas desse perfil que têm velcros também.

Seu solado é mais macio e feito de borracha, enquanto o cabedal, de camurça, pano ou tecidos sintéticos.

O estilo desses modelos é parecido com um tênis para caminhada e isso garante um uso urbano. Dá para pedalar até o trabalho e não trocar de tênis!

Antes de partir para esse belo upgrade, veja qual é a melhor opção dentro do seu perfil e modalidade de ciclismo. E sempre pesquise em vários locais para garantir um bom custo-benefício.

Além disso, fazer um bike fit para ajustar o encaixe das sapatilhas vai transformar você e a sua bike em uma dupla imbatível!

Gastar alguns minutos aqui poupa você de muitos problemas na hora da escolha das sapatilhas para bike. Conte pra gente qual vai ser a sua opção para pedalar muito mais, comentando aqui abaixo!