Depois de passar um dia corrido e atribulado, nada melhor do que dar uma pedalada para relaxar, não é mesmo? Sentir o vento no rosto, adotar um hábito saudável, passear ou até mesmo viajar sem gastar combustível! Não é à toa que o número de ciclistas tem crescido consideravelmente.

Porém, por mais que você curta o momento sobre duas rodas para se divertir, não pode deixar de prestar atenção na segurança. Sim, isso envolve tanto a sua quanto a da bike: não saia por aí sem cadeado para bicicleta! Continue a leitura e descubra como escolher um cadeado ideal para ter mais segurança:

1. Pesquise e converse com outros usuários

Antes de mais nada, você precisa ter em mente que um simples cadeado não inibe a ação de nenhum ladrão. Tem muita gente que tranca sua bicicleta e, quando volta para pegá-la, encontra só a roda.

Então, em primeiro lugar, pesquise uma opção que seja resistente. Não fique querendo economizar, pois é melhor investir em um bom produto do que ficar sem a bike, que é bem mais cara, não é verdade? Converse com outras pessoas e anote dicas.

2. Use cadeado para bicicleta U-lock

O modelo U-lock é o mais procurado, pois seu mecanismo de bloqueio, que resiste até mesmo a martelos e talhadeiras, oferece mais segurança. Ele tem uma forma semelhante à ferradura, o que dificulta bastante o uso de alavancas para quebrá-lo

Você encontra modelos de vários tamanhos, que podem travar a roda e a estrutura da bike em alguma superfície fixa (menores) ou que bloqueiam as duas rodas ao mesmo tempo, junto com o corpo da sua bicicleta (maiores).

3. Escolha travas resistentes

A dica de ouro é comprar cadeados ou travas resistentes. A seguir, separamos algumas opções de travas que você deve conhecer e analisar:

Trava de cabo

Ela é bem adaptável, mas não é tão segura quanto os U-locks. Se o lugar é mais seguro, nada te impede de usá-la, mas caso você queira mais tranquilidade, é melhor investir em duas formas simultâneas de prender a bicicleta: U-lock e trava de cabo. Essa opção é ótima para te auxiliar a prender as peças removíveis, como a roda da frente e o assento, por exemplo.

Trava de corrente de elos

Já a trava de corrente de elos é bem mais resistente e é indicada para áreas que apresentam alto nível de roubos. Ela tem elos conectados que resistem a serras, a martelos e a talhadeiras, assim como o U-lock. A sua única desvantagem é que a corrente de elos é um pouco pesada e volumosa.

Travas de rodas e bancos

Existem travas específicas para prender suas rodas e bancos, já que essas partes da bicicleta são muito fáceis de serem removidas. Só tenha em mente que é necessário um tipo específico de chave para remover esse cadeado, ok?

4. Opte por mais de um tipo de cadeado

É importante salientar que você deve sempre investir em mais de um tipo de cadeado. Analise com cuidado o local e arredores de onde você costuma estacioná-la, e escolha as ferramentas mais adequadas.

Você pode usar sempre um cadeado U-lock junto com uma trava de cabo de aço, por exemplo. O primeiro prende o quadro e a roda de trás, e o cabo trava a roda dianteira e o banco, de forma que ele passe por dentro do quadro da bicicleta.

Pode dar um pouco de preguiça colocar cadeado para bicicleta, remover peças, travá-las junto ao quadro e por aí vai. Mas lembre-se de que você estará se prevenindo de um prejuízo muito maior, tenha certeza disso! Escolha os melhores cadeados e travas e aproveite seu passeio de bike sem o risco de voltar para casa a pé!

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe este post nas suas redes sociais!