Fazer um pedal em um dia chuvoso ou de frio intenso, ou mesmo quando a noite cai e o perigo do roubo de bike é maior. Tudo isso parece dificultar a sua vida de ciclista, mas se você souber das vantagens que os rolos de treino têm para cada dessas e outras situações, vai virar fã deles.

Você já deve ter visto ciclistas usando equipamentos para pedalar “parados” em cima da bike, para se aquecer enquanto não partem para a linha de largada de uma prova. Esses itens usados para essa hora são conhecidos como rolos de treino, peças fundamentais para o ganho de performance e manutenção do condicionamento físico.

Quer saber mais sobre o que são, os tipos e quais são as vantagens de usar rolos de treino em casa? Confira este post com tudo sobre estes equipamentos de bike!

Por que usar um rolo de treino?

Rolo de treino para bicicleta

Os rolos de treino são peças feitas para ciclistas usarem como apoios aos treinos nas trilhas e estradas.

Ao simular a pedalada nesses locais, o equipamento condiciona o físico de maneira similar aos pedais nas ruas. Nem que seja só pelo movimento de pedalar e pela intensidade e resistência.

Ainda, o rolo para bike é uma alternativa de pedal quando a chuva cai, faz aquele frio intenso, ou quando, por algum motivo, você não pode pedalar nas ruas e trilhas.

O que é importante dizer sobre esses equipamentos é que eles nunca substituem 100% a boa e velha pedalada pela trilha ou estrada. Afinal, é praticamente impossível reproduzir as mesmas condições desses locais, no rolo. Ou seja, não abandone a lama e o asfalto, nem as subidas, descidas e curvas.

Também, esses equipamentos são ideais para fazer um treino regenerativo, só para soltar as penas depois de um intenso dia de pedal.

Quais são os tipos de rolos de treino?

Rolo de treino de bike

Há mais de um tipo de rolo de trino para bike no mercado, o que faz com que cada um tenha uma melhor qualidade e seja mais indicado para um objetivo diferente.

Ainda, há que se levar em conta o custo-benefício de cada rolo, já que eles têm valores que vão, em média, de R$300 a mais de R$2 mil.

Solto

Os rolos de treino soltos são bem simples, feitos em aço ou outros materiais, sem nenhum sistema de ajuste de engate para a roda traseira ou de resistência para rodar.

Basta colocar a bike em cima do rolo, se equilibrar e fazer o seu pedal durante o tempo que você ou seu treinador estabelecer. Há modelos para rodar apenas a roda traseira como as duas, para garantir uma simulação mais próxima do pedal na rua.

Magnético

São rolos robustos que se enquadram em um nível intermediário de equipamento. Oferecem a vantagem de serem silenciosos e bastante funcionais, mas ainda assim não atendem a treinos que precisam de mais recursos, como a resistência na rolagem.

Hidráulico

Oferecem ajustes precisos de resistência para a roda traseira e contam com sistema de fixação e suporte mais robustos. Em geral, são os melhores rolos do mercado, por isso têm valor maior.

Ainda, alguns modelos têm sistemas de conexão wireless com ciclocomputadores, e até projeção de realidade virtual, para simular treinos em qualquer condição real.

Quais são as vantagens de usar esses equipamentos de treino?

Há uma série de vantagens acopladas ao uso de um rolo de treino em seu pedal. Eles são muito voltados aos ciclistas que buscam aumento de performance em curto prazo. Ou mesmo, praticar uma atividade física em casa, para começar a entrar no ritmo do pedal.

Em ambos casos e em outros, os ganhos são os mesmos, confira:

  • permite treinos dentro de casa, em períodos de chuva ou de intenso frio, ou mesmo horários em que a região do seu pedal é perigosa;
  • alguns modelos oferecem resistência que simula várias situações de subida em um pedal na rua;
  • é um equipamento muito durável, que não precisa de manutenções a médio prazo;
  • oferece estabilidade nos modelos com fixação por blocagem na roda traseira;
  • garante que você faça o seu treino a hora e quando quiser;
  • pode ser usado mesmo em espaços pequenos em casa.

Se você acha que precisa ganhar massa muscular ou mesmo render mais em seus treinos na rua ou trilha, usar esse equipamento é perfeito. O que vai definir a sua escolha de tipo de rolo de treino, são os seus objetivos no pedal.

Quando a sua necessidade é apenas reforçar o pedal fora e ter como suprir um pedal na hora que o clima não ajuda, um modelo simples é suficiente. Já quando a sua ideia é ganhar condicionamento físico e pegar o pódio nas competições, opte pelos melhores modelos.

Fato é, em todos os casos, os rolos de treino garantem um excelente exercício físico, seja se você quer pegar leve ou pesado na bike.

Receba conteúdos especializados sobre ciclismo: assine a newsletter da Bike Registrada agora!