Viajar de avião ou ônibus com a bicicleta, seja para competir, ou mesmo em parte de um trajeto em uma cicloviagem, exige equipamentos especiais para a magrela. A sua máquina precisa ser protegida, e é nessa hora que você deve pesquisar modelos de malas para bike que irão ajudá-lo.

Diferente de transportar a bike em racks no carro, onde ela fica segura, no bagageiro de um avião ou ônibus, as coisas ficam amontoadas e muitas vezes quebram. Além de melhorar a segurança para a bicicleta, a mala bike, como é chamada, acomoda toda a bike em um espaço menor e seguro para transporte.

Descubra neste artigo o que são as malas bikes, suas vantagens e dicas para usá-la e garantir alta proteção, seja para uma mountain bike, road bike ou outras modalidades!

O que são as malas para bike?

A mala bike é um equipamento pensado para as maiores necessidades de transporte de bicicleta em bagageiros, seja em viagens curtas ou longas. A principal função desses equipamentos é proteger a bike contra impactos que podem quebrar peças.

Além do mais, a mala bike também mantém a bicicleta toda em um espaço só, sem precisar desmontá-la por completo. Isso oferece uma rápida desmontagem e montagem para pegar um avião ou ônibus em cima da hora.

No mercado, há diferentes modelos de malas para bike para vários objetivos. Há malas de pano ou lona, e outras de material plástico duro com rodinhas, chamados de case para bike que facilitam a movimentação para vários lugares, sem prejudicar a bike dentro.

Quais são as vantagens das malas para bike?

As malas para bike têm vantagens incríveis, mesmo nos modelos mais simples, e quanto mais resistente a estrutura do equipamento, melhor será a proteção da bicicleta. Sabendo disso, veja quais são as maiores vantagens dessas peças:

  • são ideais para viagens curtas ou longas;
  • servem para acomodar a bike em bagageiros de avião, ônibus, trem, navio e carro;
  • protegem toda a bicicleta, com destaque para peças delicadas, como câmbios e manetes de freio;
  • facilitam a locomoção da bicicleta em espaços pequenos;
  • camuflam a bike durante o transporte;
  • acomodam a bicicleta semi-desmontada em um espaço só;
  • alguns modelos oferecem a possibilidade de levar as rodas separadas;
  • são duráveis;
  • há modelos dos mais simples aos mais avançados;
  • servem principalmente para ciclistas que precisam facilitar seu transporte para competições em outros estados e países.

Quais cuidados devo ter ao usar as malas para bike?

Para usar a malas para bike, não basta apenas colocar a bicicleta dentro dela. Há alguns macetes que todo ciclista precisa dominar para que a bicicleta sempre fique muito segura.

Proteja freios e câmbio traseiro

Mesmo com o guidão desmontado e afixado no quadro, os manetes ficam muito expostos, e como são delicados, podem se quebrar.

Passe várias camadas de plástico bolha neles e, se sua bike tem freios hidráulicos, coloque um pedaço de papelão entre as pinças. Isso evita que ao apertar o manete — mesmo sem querer —, o freio trave e precise fazer uma sangria.

Além dessas peças,o câmbio traseiro merece atenção especial na hora de colocar a bike na mala. Retire a peça e deixe-a presa ao quadro, de uma forma que não fique exposta a lateral. Fora esse cuidado, passe plástico bolha ou coloque protetores no equipamento.

Tenha um kit de ferramentas

Você deve ter um kit de ferramentas para desmontar e montar a bike. Use um kit diversificado, que tenha chaves para desmontar pelo menos o guidão, pedais, rodas e selim. 

>>> Confira o post sobre ferramentas para levar em viagens!

Coloque protetores na bike

Já reparou como os funcionários das empresas aéreas ou de ônibus tratam as bagagens? Pois é, por isso é bom proteger sua bike com algum tipo de material, dentro da mala bike.

Pode ser plástico bolha, papelão, ou outro material que ofereça uma garantia extra contra danos em qualquer parte da bicicleta. A fixação das proteções pode ser feita com tiras de câmaras velhas ou velcro, por exemplo.

Use forros internos

Essa dica serve para as malas para bike que não contam com forro interno. Coloque espumas ou papelão grosso nas laterais de dentro da mala, depois que a bike já estiver acomodada. Proteção nunca é demais!

Identifique a mala

Depois de devidamente preparada, feche a mala bike e trave-a com algum tipo de fechadura que seja difícil de remover. Você pode usar tire ups — famosos enforca gatos —, cadeados ou fitas adesivas de alta fixação.

Essa tática é, além de uma proteção contra roubos e violações, uma maneira de identificar sua bagagem de bike. Fora isso você pode colocar adesivos e marcas com canetão para identificá-la.

Retire os pedais

Os pedais fazem volume lateral dentro da mala bike, então devem ser retirados para que facilite a hora de colocar e tirar a bicicleta do equipamento. Sempre tenha a ferramenta própria para isso, para evitar espanar a rosca do pedivela ou do pedal, e perder a peça.

Com tudo pronto para sua viagem usando a mala para bike, é hora checar as políticas de bagagens de bordo das companhias que você irá usar. Peso, medidas, identificações e outros detalhes sobre bagagens podem ser vistos no site das empresas, ou se preferir, ligue para a central de informações.

Quer saber mais sobre equipamentos e tudo para viajar com a bike, além de outras dicas? Assine a newsletter da Bike Registrada e receba novidades em seu e-mail!