Se hoje em dia até os modelos mais simples de mountain bikes já acompanham o freios hidráulicos de bicicleta hidráulico, é um sinal de que os seus diferenciais são quase que básicos. Você já sabe quais as vantagens e como funcionam esses tipos de freio de alta performance na bike?

Você já deve ter visto ou até pensado em comprar freios hidráulicos para sua bike. Pode apostar neles, com a certeza de um bom retorno de desempenho nos pedais, pois as vantagens da peça são tantas que garantem ganhos consideráveis.

Descubra neste artigo, tudo o que você precisa saber sobre freio bicicleta a disco hidráulicos para bikes!

O que são freio bicicleta a disco hidráulicos?

Freio a disco hidráulico, Hayes Prime Comp

Freios a disco do tipo hidráulicos são freios com manetes e pinças como o modelo mecânico, porém, com funcionamento a óleo.

Seu acionamento se dá por um pequeno reservatório que fica acoplado ao manete, e injeta o óleo específico de freio para bikes na pinça. O resultado é uma frenagem muito mais precisa e segura.

Essas peças, mesmo em modelos básicos, têm sua capacidade de frenagem e vantagens atestadas por ciclistas iniciantes e profissionais. Hoje, a maior prova de que o freio bicicleta a disco hidráulico ganhou mesmo o mundo das bicicletas, é o seu uso por bikes de estrada, antes dominadas por freios ferradura.

Quais são os tipos de freios hidráulicos?

Freio a disco hidráulico, Sram Force

A grosso modo, o funcionamento dos freios a disco hidráulicos nas bicicletas é o mesmo, contudo, há tipos de freio específicos para cada modalidade. Ou seja, o que uma categoria exige em frenagem, outra não, exigindo diferenças que vão do design ao funcionamento.

Por exemplo, a velocidade das bikes de estrada não se compara a de uma MTB, por isso, esse componente é projetado junto ao disco, de maneira particular. Tudo para atender as exigências de cada modalidade, extraindo o melhor da peça.

Veja abaixo todas as modalidades que contam com freios hidráulicos específicos:

  • XC;
  • All mountain;
  • Gravel;
  • Estrada;
  • Enduro;
  • Bike trial;
  • Dirt jump;
  • Triatlo / contra relógio;
  • Fatbike;
  • Urbanas.

Quais são as vantagens desse tipo de freio?

Freio a disco hidráulico Deore XT Ice-Tech

Os freios a disco hidráulicos conservam diferentes vantagens para todas as modalidades. Lembrando sempre que quanto maior o nível do freio bicicleta, melhor ele se comporta em situações extremas, como competições e treinos prolongados.

É de baixa manutenção

A não ser que você esteja competindo sempre e exija tudo dessa peça, a manutenção de um freio a disco hidráulico é baixa. De maneira geral, por funcionar a óleo e ter sistema vedado e reforçado, esse componente aguenta maiores períodos sem manutenções.

Quando a bike encosta na oficina, os freios geralmente precisam que as pastilhas sejam trocadas, sejam limpos e tenham a sangria feita — troca do fluído, necessária ao menos uma vez por ano.

Tem maior capacidade de frenagem

Como os freios hidráulicos funcionam pela pressão do óleo e ainda conta com as duas pinças funcionando, eles têm maior potência de frenagem do que o freio a cabo. Isso garante mais precisão para você frear a tempo em diversos momentos.

Exige menos força para ser acionado

Como esse freio bicicleta elimina o cabo, aquele trabalho de apertar o manete com força, é excluído. Dessa forma, você faz pouca força no manete e tem maior poder de frenagem e modulação, ou seja, o freio é mais adaptável ao que o terreno e velocidade exigem.

Há vários modelos com diferentes potências e pastilhas

Essa pode até ser uma vantagem que já existia dede a época em que o freio v-brake era predominante nas MTBs. Contudo, a variedade de pastilhas e modelos dos freios a disco hidráulicos, é maior.

Esse diferencial garante uma combinação perfeita para cada situação de pedal e modalidade. Seja o clima quente e seco na estrada, ou chuvoso na lama, há um freio e pastilha melhores para cada dessas condições, e de muitas outras.

Dá maior segurança

O freio hidráulico oferece mais segurança quando comparado aos freios mecânicos, pois é mais preciso e não trava de repente, como pode acontecer no caso do freio a cabo.

Alguns modelos detêm tecnologia de resfriamento

O resfriamento de pastilhas e da pinça de freio, elimina um problema comum em freios hidráulicos, que é a perda de potência do freio. Explicamos: quando as pastilhas ficam em atrito com o disco por muito tempo, esquentam muito. Isso faz com que percam, temporariamente, parte de sua capacidade de frenagem.

O Ice-Tech, tecnologia da Shimano, é um sistema que resfria o conjunto de disco e pastilha, me menor tempo. Assim, evita esse superaquecimento que acaba com a força de frenagem do freio bicicleta a disco hidráulico.

Diante de todas essas vantagens que freios hidráulicos conferem ao pedal, não é só uma questão de escolha usá-los, mas sim, de aumento de eficiência. Mesmo se você achar que muitos modelos não são para o seu bolso, há exemplares hoje em dia, para categorias iniciantes, que conservam valores atrativos.

Vale reforçar que o freio bicicleta a disco hidráulico deve ser sempre revisado por mecânicos que saibam fazer a manutenção nesse sistema. Além disso, o óleo usado deve ser o tipo recomendado pelo fabricante. Assim, seu sistema de freios vai sempre funcionar bem por muito tempo.

Acompanhe conteúdos com dicas e novidades sobre bikes, em nosso Facebook, Instagram, Twitter e YouTube!