O ciclismo é um dos esportes mais praticados no Brasil atualmente, principalmente por sua versatilidade, já que essa atividade é indicada para todo tipo de pessoa que tenha condições físicas e motoras para pedalar.

No entanto, muitos daqueles que têm a bicicleta como uma boa companhia nos momentos de lazer e até mesmo algumas pessoas que participam de competições desse esporte não conhecem bem as principais modalidades de ciclismo.

Por isso, vamos detalhar a seguir 3 dos principais tipos de ciclismo e apontar as principais diferenças que existem entre eles. Acompanhe e tire todas as suas dúvidas para que suas próximas pedaladas sejam mais seguras e divertidas.

1. Ciclismo de estrada

O ciclismo de estrada talvez seja a modalidade mais praticada, sendo que algumas das competições mais famosas desse esporte em todo o planeta são realizadas nesse estilo.

Os campeonatos de estrada são disputados de maneira individual ou por equipe, sendo que existem dois estilos de competição, o de resistência e o de tempo. No primeiro, os competidores largam todos juntos e vence aquele que concluir o percurso primeiro, sendo que a distância das provas masculinas varia de 150 a 200 km, enquanto as provas femininas têm entre 60 e 100 km.

Já nas competições contra o tempo, os atletas largam em instantes diferentes, e o vencedor é o que concluir o trajeto total, que é de cerca de 40 km para os homens e 20 km para as mulheres, no menor tempo.

O ciclismo de estrada é praticado com as chamadas speeds, bicicletas que têm os pneus bastante finos e que são mais leves que as tradicionais, além de serem desenvolvidas com uma aerodinâmica que favorece o ganho de velocidade e estabilidade nas estradas.

2. Mountain Bike (uma das modalidades de ciclismo mais emocionantes)

Praticar mountain bike é uma atividade indicada para quem tem espírito aventureiro, pois essa modalidade de ciclismo proporciona momentos de muita emoção e manobras arriscadas. O mountain bike é dividido em vários estilos, entre eles:

  • Cross country
  • Freeride
  • Downhill
  • Trip Trail

Por ser disputado em uma pista de terra com subidas e descidas e, em alguns estilos, com obstáculos, esse tipo de ciclismo proporciona belas imagens e deixa os espectadores dos campeonatos encantados.

No mountain bike, existem competições em que os atletas fazem a largada juntos e o vencedor é aquele que cruza primeiro a linha de chegada, e outras em que cada atleta corre sozinho e a vitória fica com o que realizar em menos tempo o percurso, que é bastante variável segundo cada campeonato.

A prática dessa modalidade demanda o uso de bicicletas resistentes e com os pneus mais largos, pois isso é crucial para que os atletas mantenham a estabilidade nos terrenos acidentados.

3. BMX (Bicicross)

Reconhecido como uma das modalidades de ciclismo que mais exige habilidade por parte dos atletas, o BMX também proporciona manobras espetaculares.

Esse tipo de ciclismo, que é praticado com bicicletas que têm pneus menores — geralmente, apenas 20 polegadas de diâmetro —, é dividido em dois estilos, BMX Racing (corrida) e BMX Freestyle (manobras).

No primeiro caso, os competidores disputam uma corrida em uma pista circular com diversos obstáculos e o vencedor é aquele que concluir o percurso primeiro. As distâncias percorridas nas competições dessa modalidade são pequenas, variam entre 300 e 400 metros, e os atletas completam o trajeto em cerca de 40 segundos.

Já no BMX Freestyle, o objetivo é fazer manobras radicais, sendo que o vencedor é aquele que conseguir as notas mais altas na avaliação dos juízes.

Para concluir, é importante ressaltar que, independentemente da modalidade a ser praticada, é fundamental fazer uma boa manutenção em sua bicicleta sempre que você perceber qualquer anormalidade.

Gostou do texto? Quer saber mais detalhes sobre assuntos relacionados ao ciclismo? Então assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos!