Para ter performance na estrada durante seus treinos, o pneu certo faz toda a diferença. Entre alguns dos upgrades que você pode fazer em sua bike para aumentar seu desempenho, sem dúvidas, o pneu é um dos primeiros da lista.

Para ajudar você a pedalar cada vez melhor, trouxemos neste artigo, todas as orientações sobre como escolher o seu pneu de bike de estrada. Confira!

Os diferentes perfis de pneus

A medida padrão das rodas das bikes de estrada você já sabe não é? O aro 700c é o perfil em uso nestas bikes, mas quanto ao pneu, existem muitas variações de largura.

Os pneus de 20 e 23 mm são os mais encontrados em qualquer loja especializada em bikes. Estes três perfis de pneu de bike de estrada são leves, bem finos e suportam uma pressão que pode variar de 90 a 120 PSI. Aqui a regra é clara, quanto mais fino o pneu, menor a área de contato com o chão, e isso pode proporcionar mais velocidade.

Na contramão dessas vantagens, os pneus muito finos apresentam menor aderência no terreno, e consequentemente, menos estabilidade para altas velocidades e curvas.

Mas, como o mercado de bikes sempre está inovando, hoje em dia, pneus mais largos já são vistos como a solução para pedalar em diversos terrenos. As medidas 25, 26, 28 e 30 mm já são usadas por ciclistas profissionais, amadores e iniciantes, e mostram-se muito versáteis.

Além dos pneus mais largos terem maior aderência e garantirem uma boa estabilidade, eles são mais resistentes a furos e aguentam mais pressão. Há modelos que suportam mais de 130 PSI.

Fora esses benefícios, o pneu de bike de estrada mais largo é mais confortável mesmo com pressões altas e protege melhor a roda. Se você escolher essa opção, ficará livre de sentir aqueles fortes impactos mesmo em estradas com asfalto ruim!

Considere o tipo de terreno

Mesmo com muitas opções de escolha, é bom sempre ter em mente qual o tipo de terreno em que vai pedalar. Se a sua praia é aquela estrada estilo ‘tapete’, onde a sua bike parece que desliza sem grandes esforços das suas pernas, você pode ficar com pneus finos.

Já se você pedala sempre em ruas e estradas com o asfalto péssimo, o ideal é escolher algum modelo mais largo. Assim você evita dores de cabeça como quedas e furos, ou até uma roda amassada!

Os três modelos de pneu de bike de estrada

Clincher

Ele é o básico no universo dos pneus de bike de estrada. Os pneus clincher são aqueles que usam câmaras e que se apoiam nas paredes internas dos aros. Este pneu existe nas versões tanto com arame, que é mais pesado, como sem arame – kevlar – que é mais leve.

As duas opções são vulneráveis aos furos e às mordidas de cobra (snake bits) na câmara, por aguentarem pressões menores. Se o seu objetivo é treinar quase todos os dias, o modelo de arame é indicado, já que é mais barato do que o de kevlar.

Tubeless

Se você quer deixar a bike mais leve e com isso ganhar velocidade, esta é uma boa escolha. Os pneus tubeless são bem resistentes a furos e podem rodar com pressões mais baixas sem nenhum problema. Isso é possível porque eles devem ser preenchidos com o líquido selante, que veda furos.

Mas ter este pneu de bike de estrada envolve um investimento alto, já que você deve ter, junto à ele, os aros e selante para montar o conjunto sem câmara em sua bicicleta. Já se a sua onda é evitar problemas com pneus durante os treinos e ficar na frente do pelotão, o tubeless pode ser seu parceiro de pedal!

Tubular

O modelo é bastante indicado se você busca correr em competições. Este pneu de bike de estrada é bem diferente dos outros porque é colado no aro, que claro, deve ser específico para pneus tubulares. E também a sua câmara vem costurada no pneu, por dentro dele.

Logo você imagina que terá que levar o pneu tubular em uma costureira para fazer uma manutenção? Não né! O reparo deste tipo de pneu deve ser feito por profissionais, já que requer cuidado especializado. Mas nem sempre será possível consertar este pneu, fazendo com que você tenha que comprar um novo. Isso o torna uma das opções com alto custo.

Mesmo nessas condições, o pneu tubular é muito resistente a furos e também pode rodar com pressões altíssimas ou bem baixas sem contratempos. A dica do tubeless vale para este também: ele só funciona com o aro certo para este tipo de pneu.

Seu tipo de pedalada se encaixa em passeio, treino ou competição? Pra qualquer uma destas opções, agora você já sabe todas as dicas para escolher o tipo de pneu de bike de estrada que vai te acompanhar daqui em diante.

Para não ficar de fora de nenhuma novidade, assine a nossa newsletter. Enviamos conteúdo sempre focado em você e sua bike!