Se você chegou até este artigo, é porque tem um dilema entre fazer um upgrade ou comprar uma bike nova. Pois bem, isso é comum entre muitos ciclistas, e você não é o único que está rachando a cabeça para calcular se compensa mais um negócio ou outro.

“Tenho uma bike velha em casa e acho que posso pedalar com ela se fizer alguns ajustes.”; “Uso minha bike há anos, mas quero pedalar mais, e com essa acho que não dá. Preciso comprar uma bike nova.”; “Quero uma máquina nova para encarar estradas e trilhas, mas preciso saber quanto vou investir.”

Todas essas situações acima fazem parte deste assunto, e vamos trazer algumas ideias para auxiliar você a resolver sua dúvida. Confira neste artigo, dicas de até quando vale a pena fazer upgrades em sua bike ou comprar uma nova!

Compensa mais fazer um upgrade ou comprar uma bike nova?

Comprar uma bike nova, usada ou fazer upgrades?

Essa é uma pergunta que a resposta não é exata como uma conta 2+2. Então, para você entender melhor sobre o que deve ser colocado na balança para partir para sua decisão, há vários fatores que deve considerar.

O modelo da bicicleta, categoria, peças e, principalmente, seu objetivo de pedal são pontos que você precisa levantar. A partir disso, fica mais simples saber se até que ponto vale o investimento em um upgrade ou uma bicicleta nova.

Há casos de bikes com quase 10 anos de uso, mas que comportam muito bem peças atuais, e que o investimento compensa. Enquanto há outras bicicletas que não vão “casar” com upgrades, por exemplo, pelo motivo de que a bicicleta vai ficar com um quadro de entrada, mas com peças top de linha.

Isso sem contar que o preço que você iria pagar para as melhorias, seria absurdamente mais alto comparado ao preço da bicicleta inicial.

Como descubro se vale a pena fazer um negócio ou outro?

Um método simples que vai auxiliá-lo a descobrir com rapidez se vale a pena fazer um upgrade ou comprar bike nova se baseia em algumas perguntas e respostas objetivas.

Faça as seguintes questões:

  • Como minha bike está configurada com a relação de marchas, suspensão, e outros componentes?
  • O quadro da minha bike é simples, intermediário ou avançado em tecnologia, geometria e peso?

A partir dessas respostas, marque os upgrades que quer fazer, e saia em busca das peças. Liste uma a uma e comece a colocar na calculadora “quanto a brincadeira vai sair” para deixar a sua bicicleta do jeito que você quer.

Não há um número exato de até quanto em valor vale a pena fazer as mudanças, porém, se a quantia chegar até 50% ou 60% do preço de uma magrela zero, algumas melhorias compensam. Acima, desses números, já seria um motivo forte para pensar em uma bike nova.

Portanto, pondere o seu orçamento e a configuração que você pretende deixar a bike, para que todo o conjunto seja vantajoso. E claro, sempre visando se a bicicleta vai atender aos seus objetivos de pedal, já que não adianta mudar diversas peças se o resultado nas trilhas e estradas não for satisfatório a você.

E se eu comprar uma bike usada com peças melhores?

Comprar uma bicicleta seminova

Muitas vezes você encontra uma ótima opção para o seu objetivo e bolso, no mercado de bicicletas seminovas. Já pensou nisso?

A grande vantagem de uma bike usada é que ela tem o valor abaixo de que comprar uma bike nova na loja, do ano e com os últimos componentes do mercado. E ainda, não deixa de ser tão boa para pedalar quanto uma bicicleta nova.

Os modelos não importam, há bicicletas desde as intermediárias às de competição que vão atender ao que você precisa.

O que você deve ter em mente é que adquirir uma magrela usada exige bastante pesquisa. Já que se tratam de modelos que muitas vezes saíram de linha e não estão mais nos showrooms das lojas.

Além disso, você deve prestar bastante atenção aos detalhes e em cada peça de uma bike usada, para não cair numa furada. Principalmente porque esse mercado tem pegadinhas nada engraçadas, que são as bikes roubadas.

Veja nosso artigo completo sobre o que avaliar para comprar uma bike usada, para fazer um ótimo negócio!

Tenha sempre bastante paciência para fazer sua decisão por um upgrade ou comprar uma bike nova ou ainda uma seminova. Não é do dia para a noite que se encontra uma boa oportunidade, tanto em configuração que você deseja como em valor.

Visite algumas lojas, sites e faça suas anotações, sempre colocando o valor e o benefício que terá em cada um dos casos. E uma última dica que vale a pena: muitas vezes você pode vender sua bike atual se não pretende usá-la mais, e usar o valor como parte do pagamento para comprar uma bike nova ou seminova.

Assine a newsletter da Bike Registrada e fique por dentro de todas as novidades do MTB, ciclismo de estrada e tudo relacionado ao mundo das bikes!