A popularização do ciclismo, como esporte e atividade de lazer, fez com que o mercado passasse a oferecer bikes cada vez mais sofisticadas. Se há algum tempo só existiam as opções básicas, hoje os fabricantes atuam em uma faixa bem mais ampla, produzindo desde as bicicletas mais simples até aquelas com muitos recursos e, naturalmente, bem mais caras.

Ao tempo em que essa gama de opções favorece os ciclistas, que podem optar pelo modelo mais adequado às suas necessidades, a diversificação da oferta atraiu a atenção de criminosos. Ele enxergam no comércio de bicicletas roubadas um mercado bastante atraente.

Por isso, uma das preocupações de quem compra uma bike usada é saber se ela realmente pertence ao vendedor. É possível que uma oferta tentadora esconda a tentativa de repassar bicicletas roubadas a compradores pouco atentos. Por outro lado, desprezar o negócio em função da dúvida pode representar a perda de uma excelente oportunidade.

Face a esse dilema, como proceder? A resposta é simples: buscando meios para identificar se a bike é realmente de quem a está oferecendo. Neste post, vamos ajudá-lo nesse processo, apresentando algumas dicas que podem dar pistas para reconhecer um negócio duvidoso.

Sinais de alerta para bicicletas roubadas

Existem alguns indícios que, embora não possam se traduzir em certeza de que a bike foi roubada, devem despertar uma atenção maior do comprador. Confira:

Preço muito abaixo do valor de mercado

Atualmente, é muito fácil e rápido fazer uma pesquisa para saber o valor médio de uma bike. Assim, ao receber uma oferta ou identificar um anúncio interessante, verifique se a quantia está de acordo com o que o mercado pratica.

É claro que existem fatores que podem tornar o preço de venda um pouco mais baixo — algum pequeno defeito, por exemplo —, mas “descontos” exorbitantes e valores muito inferiores podem representar que se trata de um produto roubado ou até de algum grave problema oculto.

Foto não corresponde ao produto anunciado

Para atrair compradores e, ao mesmo tempo, não chamar a atenção do verdadeiro dono, os criminosos não costumam publicar fotos reais da bike que estão tentando vender, mas fotos genéricas do mesmo modelo.

Por isso, esteja atento a detalhes exibidos nos anúncios e confira, ao vivo, se a bicicleta é a mesma. Se possível, leve consigo as fotos ou a oferta em meio digital para fazer essa verificação in loco.

Vendedor não conhece a bike

Uma dica interessante é confrontar o vendedor com algumas questões básicas. Pergunte sobre o histórico da bike, troca de peças, ano de série, modelo etc. Se perceber que ele se atrapalha nas respostas ou se mostra inseguro, desconfie. Afinal, se a bicicleta fosse sua, você não saberia responder a esses questionamentos simples?

Bike Registrada: uma forma inteligente para não comprar bicicletas roubadas

Como mencionado, as sugestões que apresentamos até aqui podem ser indicativos de que o vendedor está tentando repassar bicicletas roubadas. Ainda assim, não é possível afirmar com certeza que se trata de fruto de roubo apenas com a observação desses elementos.

Uma forma segura para verificar a procedência de uma bike remete a uma simples consulta ao aplicativo Bike Registrada. Ao informar o número de série da bicicleta, é possível recuperar em tempo real os dados sobre o proprietário, garantindo que se trata de um negócio legítimo.

Adicionalmente, em caso de uma venda legal, o dono original da bike simplesmente transfere os dados de registro para o comprador.

Cadastro nacional de registro de bicicletas

Com o objetivo de ampliar o alcance da ideia e a segurança de ciclistas e compradores, a Bike Registrada criou o primeiro cadastro nacional de ciclistas e bikes, um recurso que contribui para inibir o comércio de bicicletas roubadas.

Não por acaso, órgão de segurança de diversos estados fazem uso das informações contidas no registro como forma de investigar e confirmar a procedência de bicicletas em todo o país. Só no Distrito Federal, por exemplo, foi verificado um aumento de 70% no índice de recuperação de bikes, com o uso conjunto do aplicativo e do selo de segurança Bike Registrada.

Quer ter mais segurança ao comprar uma bike usada? E aumentar as chances de recuperar sua parceira de pedal em caso de furto? Então, o que está esperando para se registrar no app da Bike Registrada? É simples, rápido e gratuito!