Todas as práticas esportivas demandam cuidados em relação aos equipamentos utilizados. Isso porque, a utilização de materiais inadequados pode gerar diversos problemas. No caso dos ciclistas, por exemplo, é fundamental tomar algumas precauções no momento de comprar uma bicicleta.

Quando a escolha feita não é a mais indicada, rapidamente começam a surgir problemas durante a prática do ciclismo. E isso se refere tanto à segurança do ciclista como ao seu conforto.

Por isso, apresentaremos abaixo 8 cuidados indispensáveis no momento de comprar uma bicicleta (nova ou usada). Acompanhe e aprenda a fazer sempre a melhor escolha em relação a sua “companheira” de pedalada!

Bikes novas

1. Analisar a procedência

Em relação a esse aspecto, os principais cuidados ao comprar uma bicicleta nova são pesquisar a reputação da marca em questão e, se possível, conhecer a opinião de alguns usuários. Isso é essencial para assegurar uma compra satisfatória.

2. Fazer o registro logo após comprar a bicicleta

O registro de bicicletas permite que os donos tenham chances reais de recuperar suas “companheiras” caso elas sejam furtadas ou roubadas. Utilizando o número de série da bike e os seus dados pessoais, os proprietários fazem o cadastro.

Com isso, se ela for colocada à venda, alguém pode consultar o registro e descobrir, caso trate-se de um produto roubado. Após isso, é possível entrar em contato com o verdadeiro dono para que ele consiga recuperar sua bicicleta. Assim, se você comprar uma bike nova, deve registrá-la imediatamente.

3. Atentar-se para a escolha da cor

Adquirir uma bike nova e depois se arrepender da cor escolhida é bastante incômodo. Por isso, avaliar bem esse aspecto é essencial.

Essa questão também pode desempenhar uma função relacionada à segurança. Isso porque, bicicletas de cores diferentes são menos visadas pelos ladrões, pois a identificação delas é mais fácil do que daquelas de cores comuns.

Bicicletas usadas

4. Analisar a procedência

No caso das bikes usadas, as precauções em relação à procedência são bastante amplas.

É crucial, por exemplo, pedir a nota fiscal da compra. Quando o produto for comprado em outro país e legalizado como bagagem acompanhada, é necessário solicitar o DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) pago no aeroporto. Esses documentos comprovam que a bicicleta não é roubada.

Além disso, eles permitem que você possa levar sua bike para outros países e retornar sem ser taxado na alfândega.

5. Pedir o registro da bicicleta ao vendedor

Você já viu anteriormente por que é tão relevante ter o registro da bicicleta. Desse modo, ao comprar uma bike usada, nunca se esqueça de perguntar ao vendedor se ela é registrada. Se a resposta for negativa, faça o cadastro o mais rápido possível. No caso deste já ter sido realizado, solicite o registro.

6. Avaliar bem a pintura e todos os componentes da bicicleta

Comprar uma bicicleta usada e depois descobrir que a pintura escondia uma falsificação ou alguns arranhões é bastante incômodo. Analisar bem todos os componentes (pneus, correntes, freios, aros, etc.) também é fundamental para evitar problemas.

Cuidados comuns aos dois casos

7. Prestar atenção ao tamanho do quadro

Para que a pedalada seja confortável e potente e os joelhos não sejam prejudicados, o quadro da bicicleta deve ser proporcional à altura do ciclista.

Quando essa relação não é respeitada, a potência da pedalada e a estabilidade da bike são comprometidas, além de serem maiores as chances de o ciclista desenvolver lesões. Por isso, independentemente da compra ser de uma bicicleta nova ou usada, é indispensável observar essa dica.

8. Fazer o bike fit

O bike fit, que é o ajuste da bicicleta para o ciclista, é um aspecto essencial para a estabilidade e a potência da pedalada.

Essa adequação permite que o condutor pedale na melhor posição possível. Dessa forma, ele consegue imprimir muita força sem perder o equilíbrio. Assim, o bike fit é crucial para bicicletas novas e usadas.

Tomando todos esses cuidados, você certamente conseguirá comprar uma bicicleta segura e adequada ao seu perfil físico. E isso é essencial para que as suas pedaladas sejam confortáveis e totalmente seguras.

E então, você sempre segue as dicas apresentadas ou já teve problemas logo após comprar uma bike? Deixe seu comentário e compartilhe suas experiências!