A alimentação bem balanceada no ciclismo proporciona mais desempenho e menos cansaço. E para garantir um bom estoque de energia no corpo para pedalar sem preocupações, é preciso acertar na escolha dos alimentos.

Neste artigo, preparamos uma lista com seis alimentos para ciclistas, que vão te deixar preparado para pedalar com muita intensidade do começo ao fim sem sentir fome. Confira!

1. Batata doce é sagrada!

Quase como um ‘santo graal’ no mundo dos esportes, a batata doce tem seu lugar reservado no altar da alimentação para ciclistas. Por ser um alimento de baixo índice glicêmico, a batata doce fornece energia aos poucos ao seu corpo durante o treino. Assim, ela te ajuda a manter a potência por mais tempo no pedal sem você sentir falta de força!

Além dessa ótima vantagem, a batata doce também tem altos índices de vitaminas A, B1, B2 e C. Este conjunto de substâncias favorece o funcionamento do coração e sistema nervoso. Ou seja, seu organismo terá boa circulação sanguínea e a sua coordenação motora  estarão em dia!

2. Queijo: escolha o seu preferido

Em fatias ou em pedaços, o que vale é incluir o queijo dentro dos alimentos para ciclistas! O queijo é uma fonte rica em proteínas que servem para recuperar seus músculos durante ou depois do pedal. Além disso é de fácil digestão, o que reduz a demanda de energia do seu corpo para processar esse alimento.

Seja quente, derretido, gelado, e de qualquer tipo, o queijo vai deixar seus músculos prontos para pedaladas cada vez mais intensas!

3. Pão integral para o pedal

Muito conhecido pelo seu aspecto diferente do pãozinho francês convencional, o pão integral é uma boa pedida para cafés da manhã! Esse é um dos tipos de alimentos para ciclistas que tem muitos carboidratos e fibras. Essas substâncias combinadas vão trazer energia e boa digestão, o que garante pedais fortes e sem incômodos em seu estômago.

Experimente fazer um lanche de pão integral com queijo. Além de ter um sabor diferenciado, você vai ganhar muita disposição na hora de pedalar!

4. Água é a ‘rainha’ nos alimentos para ciclistas

Tão importante para qualquer esporte que não poderia faltar nesta lista! Pra antes, durante e depois do treino, a água vai te manter hidratado e pronto para aguentar tudo, principalmente o calor do sol, quando sair para pedalar.

A água funciona como um catalisador no organismo para que as ações metabólicas aconteçam. Toda a absorção dos nutrientes de qualquer alimento que você ingere, é auxiliada pela famosa fórmula H2O. Viu como ela é essencial para o seu desempenho e recuperação?

5. Massas são suas fontes de recuperação

Você ama lasanha? Ótimo! Porque para abastecer o tanque – mais conhecido como barriga – com muita quantidade de carboidratos, é bom gostar mesmo de massas. Seja um espaguete, canelone, ravióli etc., as massas devem ter seu lugar nos alimentos para ciclistas.

O motivo é que as massas são ricas em carboidratos que, no seu corpo, são transformados em glicogênio, uma substância que dá muita energia aos seus músculos. Uma dica aqui é optar também pela massa integral; já que falamos sobre os benefícios desses dois alimentos separados, imagine juntos?

Mas, escolha o horário certo para consumi-las: para sua recuperação muscular, é mais indicado comer massas depois do pedal do que antes. Estômago cheio e bicicleta não combinam!

6. Ovo, um alimento pra ficar resistente

Para completar a lista de alimentos para ciclistas, não poderíamos deixar de falar sobre o ovo. O ‘branquinho’ é muito rico em albumina, que é um tipo de proteína bem completa e ideal quando o assunto é reconstrução muscular. Essa substância está em abundância na clara do ovo, enquanto que na gema estão concentrados colesterol, gorduras e vitamina E.

O cuidado aqui é não abusar do ovo se você tem diabetes, níveis altos de colesterol ou problemas cardíacos. Com equilíbrio no consumo do ovo dentro da sua dieta, você terá muitos benefícios na hora de pedalar!

Agora que você já preencheu sua lista de alimentos para ciclistas com as nossas dicas, que tal compartilhar esse artigo em suas redes sociais? Essas sugestões não são exclusivas para ciclistas, elas valem pra qualquer atividade física!